Foto: Phabio Almeida.

@Resenhanarede

O jogo começou equilibrado, mas logo aos seis minutos, o Vitória abriu o placar após Didi cometer pênalti em Léo Ceará. O Vitória não teve poder ofensivo para matar o jogo na primeira etapa e viu o Guarani crescer na segunda etapa e buscar o gol de empate, aos 34 minutos, com Rafael Costa.

As substituições do treinador Eduardo Barroca foram previsíveis, optando por trocar jogadores da mesma posição. O treinador Felipe Conceição percebeu a previsibilidade rubro-negra e mudou sua equipe taticamente, colocando dois centroavantes de ofício dentro da área. Nos acréscimos, Thiago Carleto agrediu o lateral Arthur Rezende e foi expulso da partida.

Com mais um tropeço na Série B, o Vitória praticamente abandona as expectativas de acesso e agora, com 20 pontos conquistados e na 13ª colocação, a briga é para se manter afastado do Z4.

Colaborador: Osvaldo Barreto. 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui