Foto: Adilton Venegeroles | Ag A Tarde.

@Resenhanarede

Na tentativa de apoiar os clubes da Série B, durante a pandemia de Coronavírus, a Confederação Brasileira de Futebol ofertou aos dirigentes a possibilidade do adiantamento de 10% do valor líquido que cada clube deve receber pelas cotas de televisão. Na temporada passada, cada time recebeu R$6 milhões de reais. Assim, o Vitória pode buscar um adiantamento de até R$600 mil reais.

O presidente do rubro-negro, Paulo Carneiro, em contato com o site Resenha na Rede,  se limitou a dizer só comenta o assunto quando estiver concretizado.

Na manhã desta terça-feira (7), o presidente do Náutico, Edno Melo, criticou a medida adotada pela entidade máxima do futebol. “A CBF não disponibilizou. Ela deu a opção de antecipar uma receita que temos. Isso não ajuda. Ainda vamos tentar alguma ajuda da CBF, pois não temos nada ainda. Porque esse dinheiro, de toda forma, já viria para os clubes”, disse.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

 

 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui