Imagem / GE

O Leão da Barra foi ao Sul do país enfrentar a equipe do Juventude para finalizar a sequência de jogos fora de casa e conseguiu um empate mesmo com um futebol pouco criativo.

Juventude e Vitória não fizeram um primeiro tempo vistoso. Engessadas, as equipes tiveram problemas para criar, até que a defesa rubro-negra mostrou que um erro pode custar muito caro. O time baiano falhou na saída de bola e deu um presentaço para Dalberto, que tentou tabelar com Breno Lopes. Fernando Neto até conseguiu cortar o passe, mas se atrapalhou com Leandro Silva e deixou o atacante do Juventude em boas condições para abrir o placar. O Alviverde encontrou um caminho a ser explorado e passou a pressionar a saída de bola do Vitória, que seguiu cometendo erros bobos. Ronaldo precisou trabalhar para evitar um placar ainda mais adverso. O Rubro-Negro só conseguiu ameaçar com Gerson Magrão, que quase fez um gol olímpico.

A etapa final começou um pouco mais animada, entretanto, sem muitas chances de jogo. O Vitória continuou mantendo os erros de saída de bola que ocorreram desde o primeiro tempo, fazendo o Juventude criar oportunidades, quase ampliando o placar aos 9 minutos num chute de fora da área que assustou o goleiro Ronaldo. O Vitória chegou com perigo real aos 13 minutos após uma cobrança de falta, Wallace cabeceou a bola mas o goleiro salvou bem próximo do gol.

Após esse lance, o Vitória se jogou ao ataque e chegou ao empate com 16 minutos, Marcelinho faz um belíssimo lançamento no meio campo, Vico recebe na entrada da área e empurra a bola no fundo das redes. Com o gol de empate, ambas as equipes se ousaram a atacar mais, criando boas chances.

Com o empate, o Vitória vai ao 8º lugar com 14 pontos conquistados, dois pontos atrás do G4.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui