Foto: Arquivo Pessoal

@Resenhanarede

O meio de campo Willian Kaefer foi um dos nove jogadores desligados do Atlético de Alagoinhas nessa última semana. Contudo, em entrevista ao site Resenha na Rede, o jogador disse acreditar que sua saída se deu por divergências com o atual treinador, Arnaldo Lira.  “Minha situação foi com o treinador Arnaldo Lira. Eu tinha uma linha de raciocínio e ele tinha outro”, disse.

Segundo Kaefer, o elenco não entendeu a troca de treinador entre Paulo Salles e Arnaldo Lira, após a desclassificação da Copa do Brasil e uma derrota no Campeonato Baiano. “Ninguém entendeu a saída do professor Paulo Salles, pois tinha acontecido uma derrota só, em seis jogos disputados. Na ocasião nós éramos o quarto colocado no Campeonato Baiano e chegou esse senhor, Arnaldo Lira”, comentou.

O meia ainda acusou o treinador de intimidação com parte do elenco. “Ele já chegou com uma soberba gigante e queria intimidar os atletas por ter sido campeão (Baiano) e algumas outras coisas. Ao longo da semana a gente foi conhecendo mais ele, uma pessoa difícil de trabalhar”, disparou o atleta.

 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui