Foto: Letícia Martins/ECV.

@Resenhanarede

Recheado de emoção! Assim foi a partida de volta da Copa do Brasil entre Vitória e Ceará, na noite desta quarta-feira (26). O primeiro tempo pode ser resumido na marcação de três pênaltis (dois para o Ceará e 1 para o Vitória), três expulsões (Vico, Léo Ceará para o Leão e Charles para o Vozão). No placar, três gols, sendo dois para o Vitória e 1 para o Ceará.

A tônica do jogo foi marcada também pelo nervosismo. O Vitória abriu 2 a 0, mas o time demonstrou nervosismo durante o restante da primeira etapa e viu o Ceará diminuir com Vinicius, em cobrança de pênalti. Na segunda etapa, logo aos dois minutos, Thiago Carleto tentou cortar e colocou na própria meta.  Com espaço e superioridade numérica, o Cerá ampliou aos 15 minutos. Fernando Sobral mandou bonito para o gol, após belo passe de Vina. Quatro minutos depois, o Vitória diminuiu com Jordy Caicedo.

Os minutos finais da partida o Vitória se lançou ao ataque, pior para defesa. Aos 44, Após cobrança de escanteio, Samuel Xavier avançou e tocou para Lima. Meia girou, finalizou e marcou um golaço.

Mau Exemplo

Após o apito final da primeira etapa, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, foi discutir com a arbitragem e na saída do gramado passou a dirigir palavrões a Vina, atacante do Ceará, que tem o histórico de provocações a equipe rubro-negra.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui