Tubarão realizou último treino na tarde de terça.

Ocupando a última posição do Campeonato Baiano, o Atlântico tem um jogo decisivo hoje. O Tubarão encara a Juazeirense, sensação do futebol baiano, nesta quarta, (7). Para escapar do rebaixamento, o Atlântico precisa vencer o Cancão e torcer por um tropeço do Jacobina.

Atlântico

O Tubarão tem um missão complicada pela frente: Além de vencer a Juazeirense, o time ainda depende de um tropeço do Jacobina, que enfrenta o Vitória da Conquista. Para motivar os jogadores, o técnico Eduardo Bahia levou ao CT do Caju, na tarde de ontem, o ex-goleiro Fábio Costa, com passagens por times como Vitória, Corinthians e Santos.

O técnico está ciente da situação do time na tabela e da dificuldade que terá diante do Cancão. A equipe quase conseguiu a primeira vitória no campeonato no último domingo, mas tomou o gol de empate nos acréscimos, em jogo contra o Bahia de Feira. Para o confronto com a Juazeirense, o técnico espera uma atuação impecável, para que assim o time consiga escapar do rebaixamento.

“Pra mim é o jogo da minha vida. Precisamos fazer um grande jogo amanhã, com erro zero e torcer para o Conquista possa fazer outro grande lá”, disse o treinador.

Bida, capitão do time, destacou a importância da presença de Fábio Costa neste momento decisivo. “É importante no momento que a gente está vivendo ouvir um cara que venceu no futebol. A gente sabe que o grupo é novo e espero que a gente possa levar as palavras dele pra dentro do jogo e possa usar isso para conseguir o nosso resultado, que é o mais importante”, falou o camisa 10 do Tubarão. Com relação ao último jogo, a única novidade é a volta do meia Antônio Carlos, que estava suspenso.

Juazeirense

Ocupando a 3ª colocação na tabela, a Juazeirense precisa apenas de si mesmo para se classificar para a semifinal. Para o jogo, o técnico Zaluar não contará com três titulares: Tigre, Deca e Salatiel. O treinador aproveitou o treino  em Pituaçu para trabalhar opções na equipe.

Time não contará com três jogadores do time titular. (Foto: Carlos Humberto/Juazeirense)

Precisando do triunfo, o Cancão vai encarar a partida como uma grande decisão. “Pelo desenrolar do campeonato é o jogo mais importante do ano até aqui. Nosso principal objetivo dentro desse campeonato era estar nessa semifinal e nós estamos sendo postos à prova. Então temos que entrar com esse espírito, é uma decisão de Copa do Mundo pra nós. É superar tudo que aconteceu, continuar amanhã nossa luta para dar essa alegria a nossa torcida e estar entre os quatro melhores da Bahia”, destacou o treinador, que só vai revelar o time titular pouco antes da partida.

 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui