Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Nessa semana vamos abordar a equipe do Vitória. O time que tem tradição na modalidade feminina, sendo um dos pioneiros, não teve um ano dos melhores em 2019. Com uma campanha irregular as Leoas sequer passaram da primeira fase da competição.

Estreando em casa contra o Audax (SP), o Vitória foi derrotado por 1 a 0 e deu início a uma sequência de derrotas que acabaram sendo determinantes na campanha como um todo. Foram quatro derrotas seguidas, inclusive para clubes que terminaram na parte debaixo da tabela, tornando a missão das rubro-negras ainda mais difícil.

Apesar do início complicado, a equipe ensaiou uma recuperação e foi conseguindo somar pontos, vencendo, por exemplo, o Internacional fora de casa por incríveis 3×0 em pleno Rio Grande do Sul e empatando com Ferroviária e Flamengo, este último jogo também em terras rivais. Porém, a situação já era delicada e as Leoas do Vitória que acabaram sendo superadas por Santos e Ponte Preta na sequência, se viram numa condição crítica na parte final da primeira fase.

Foto: Maurícia da Matta / E.C. Vitória

Embora a rodada 12 e 13 tenha sido de triunfos sobre o Vitória (PE) e São Francisco (BA), respectivamente, o empate no jogo seguinte contra o São José (SP) e a derrota na rodada final contra o Corinthians, determinaram a eliminação precoce das rubro-negras. O Vitória terminou na nona posição, uma abaixo do G8 que indicam as equipes qualificadas para a fase posterior de quartas de final.

No Campeonato Brasileiro atual, após reformulação na estrutura inteira do clube, o time feminino sofreu com perdas de atletas importantes o que impactaram no início da temporada. Já são cinco derrotas em cinco jogos e será necessária uma nova campanha de recuperação, mas dessa vez, visando fugir do fantasma do rebaixamento. Veremos o que acontece após a interrupção dos jogos devido a atual situação de quarentena instalada.

Edição: André Chagas / Fernanda Barros – @turbilhaofeminino

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui