Foto: Bruno Queiroz/ECB.

@Resenhanarede

Sem emoção, assim foi o resumo da primeira etapa entre Athletico e Bahia. Rodriguinho teve a única chance do Bahia ao chutar para fora após cruzamento de Élber. O Athletico só acordou na reta final, em jogadas de Erick. O volante chutou por cima do travessão, quase marcando um golaço por cobertura, e depois perdeu um gol cara a cara com Douglas Friedrich.

A segunda etapa seguia com a mesma falta de oportunidades, até que aos 24 minutos o Furacão abriu o placar. Abner Vinicius de lindo cruzamento e Christian apareceu para cabecear no ângulo. O Bahia respondeu bem aos 32 minutos, Rossi caiu na área em disputa com Santos e pede pênalti. Árbitro manda seguir, mas após analise do VAR, o pênalti foi marcado. Na cobrança, Clayson bateu e o goleiro Santos defendeu.

Com o resultado, o Bahia permanece provisoriamente na 19ª colocação e pode ser ultrapasso pela equipe do Goiás após o fechamento da rodada.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui