A volta do mata-mata seria melhor?

Românticos do futebol pedem a volta do mata-mata no Campeonato Brasileiro. O tema é bastante discutido em mesas redondas, defensores mostram argumentos de que o campeonato fica mais disputado neste sistema.

Defende-se que seria possível a volta de campeões como Bahia (59/88), Sport (87), Guarani (78), e times com menor orçamento como Vitória, Ponte Preta, Chapecoense, entre outros, teriam mais chances de surpreender gigantes do nosso futebol.

Aqui na boa terra não é diferente, torcedores da dupla “BaVi” acham que no torneio com sistema de mata-mata os respectivos times teriam mais competência. Será mesmo?

Vejamos campanhas da dupla na Copa do Brasil, onde o sistema é o de mata-mata, nos últimos 11 anos:

 

(Foto: Reprodução)

Tabela do Bahia nos últimos 11 anos:

Ano    Eliminação    Adversário
2007    Oitavas         Fluminense
2008    1° fase              Icasa
2009    2° fase           Coritiba
2010    2° fase           Atlético-GO
2011    Oitavas          Atlético-PR
2012    Quartas           Grêmio
2013    2° fase           Luverdense
2014    3° fase           Corinthians
2015    3° fase           Paysandu 
2016    2° fase           América-MG
2017    2° fase            Paraná

 

(Foto: Ag. Estado)

Agora vejam a do Vitória nos últimos 11 anos:
Ano        Eliminação        Adversário
2007        2° fase               Atlético-PR
2008        2° fase                  Paraná
2009        Quartas          Vasco da Gama
2010     Vice Campeão        Santos
2011        1° fase              Botafogo-PB
2012        Quartas                Coritiba
2013        2° fase                 Salgueiro
2014        1° fase                J. Malucelli
2015        2° fase                      Asa 
2016        3° fase                  Cruzeiro
2017        4° fase                    Paraná

Fora o vice campeonato do Vitória em 2010, tendo em vista que pelo retrospecto pode ser considerado um ponto fora da curva, a dupla não consegue passar das quartas, em suas melhores campanhas. Então, a mudança do sistema de pontos corridos para o mata-mata mudaria mesmo alguma coisa para os times? Acho pouco provável.

Desculpas de baixos orçamentos perdem totalmente o sentido ao ver tais números. O que falta é planejamento e profissionalismo de ambas diretorias.

Jonathan Sousa
Sobre Jonathan Sousa 138 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Colunista e repórter dos esportes.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*