Foto: Resenha na Rede.

O Vitória foi ao Engenhão enfrentar a equipe do Botafogo, neste domingo, às 16h, no Rio de Janeiro. Com sete pontos na tabela, três posições atrás e um ponto a menos que o alvinegro, o Vitória buscava vencer a segunda partida fora de casa no Brasileirão, chegou a sair na frente, mas viu os donos da casa empatarem com Kieza.

O JOGO

A partida iniciou com muita pouca emoção e muitos erros no meio de campo. Destaque negativo para o volante Rodrigo Andrade, que errou três passes na frente da defesa.

O Leão teve uma bota oportunidade aos 14 minutos, mas o bandeira marcou impedimento. Botafogo cobrou a falta e saiu jogando, mas perdeu a bola na defesa.  A bola sobrou com Neilton, que, em posição irregular, finalizou para defesa de Jefferson.

O Vitória abriu o placar aos 38 minutos da primeira etapa. Do meio de campo, Bochecha recuou para Jefferson. Denilson chegou na marcação, o goleiro limpou e tentou o passe para Marcinho. Neilton se antecipou, ficou com a bola na direita, esperou Jefferson sair e tocou para Denilson chegando na pequena área. Com o gol vazio, o atacante empurrou a bola para as redes e abriu o placar no Nilton Santos!

Não deu tempo para comemorar, cinco minutos depois a lei do ex funcionou, Kieza empatou a partida para o Alvinegro. Do meio de campo, Matheus Fernandes recuou com Jefferson. O goleiro, apertado pela marcação, deu um chutão para a frente. A bola ficou com Kieza, que correu, ganhou do zagueiro Ramon na marcação, invadiu a área e finalizou rasteiro na saída de Elias.

SEGUNDA ETAPA

O Botafogo voltou com Aguirre no lugar de Gustavo Bochecha, dando mais uma opção no ataque da equipe. O técnico Vagner Mancini não fez nenhuma alteração na equipe do Vitória.

Logo aos dois minutos o lateral Jefferson recebeu cartão amarelo. O lateral-esquerdo do Vitória cometeu falta em Luiz Fernando pelo alto e foi punido pelo árbitro.

Aos cinco minutos o Botafogo por pouco não chegou ao gol da virada. Aguirre fez boa jogada no meio de campo e tocou com João Pedro na direita. O camisa 10 perdeu o tempo da bola, mas se recuperou, foi na linha de fundo e mandou rasteiro para a área. A bola passou por Elias, mas Ramon tirou para escanteio.

O Vitória respondeu na jogada seguinte. Lucas invadiu a área do Botafogo e cruzou para trás. Matheus Fernandes mandou para escanteio.

Aos 11, nova oportunidade para os donos casa. Aguirre recebeu a bola, carregou pelo meio e, de muito longe, tentou a finalização no canto esquerdo de Elias. O goleiro espalmou e depois fez o encaixe.

O técnico Alberto Valentim colocou mais um atacante na partida, João Pedro deixou o campo para entrada de Ezequiel. O Botafogo passou a ter quatro atacantes na partida.

O Botafogo voltou a assustar aos 23 minutos. De longe, Matheus Fernandes tentou a finalização no meio do gol e a bola passou perto do travessão de Elias.

Vagner Mancini fez a primeira alteração aos 24 minutos, o treinador tirou o meio Rhayner e apostou no atacante Lucas Fernandes.

Alberto Valentim fez a última substituição aos 31 minutos, Léo Valencia entrou em campo no lugar de Luiz Fernando. No Vitória Wallyson deixou o campo para entrada do centroavante André Lima.

Aos 36, Ezequiel recebeu dentro da área, pela direita, mas perdeu o tempo da bola e a defesa do Vitória tirou para escanteio. Na sequência, Inacreditável!!! Lindoso na pequena área finalizou para fora.

Lindoso de novo! Leo Valencia levantou e, da entrada da pequena área, Lindoso cabeceou com força no meio do gol. Elias encaixou a bola.

Aos 41 minutos, o técnico Vagner Mancini promoveu a entrada do meia Yago no lugar do atacante Denílson.

Amarelou! José Welison apareceu na direita e tocou com Lucas Fernandes. A bola sobrou para Neilton, que invadiu a área pelo meio e caiu. O meia-atacante levou o amarelo por simulação.

A partida terminou sem grandes chances para os dois lados.

BOTAFOGO: Jefferson, Marcinho, Yago, Igor Rabello e Moisés; Gustavo Bochecha, Rodrigo Lindoso e Matheus Fernandes; João Pedro, Luiz Fernando e Kieza. Téc. Alberto Valentim.

VITÓRIA: Elias, Lucas, Ramon, Aderllan e Jefferson, Rodrigo Andrade, José Wellison e Rhayner, Wallyson, Neílton e Denílson. Téc. Vagner Mancini.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui