Foto: Reprodução.

@Resenhanarede

A chuva atingiu o estádio do Castelão com força e o campo ficou encharcado durante a partida entre Ceará e Vitória na Copa do Brasil. Melhor para os donos da casa, que conseguiram abrir o placar na primeira etapa e conseguiram segurar o resultado.

A partida de volta é na próxima quarta-feira (18), o Vitória precisa de dois gols para ficar com a vaga na quarta fase da Copa do Brasil. Um gol de diferença leva a decisão para as penalidades.

Os primeiros 45 minutos de jogo foram de amplo domínio do Ceará, que empilhou chances de gol e parou no goleiro Lucas Arcanjo. Acuado, restou ao Vitória apostar nos contra-ataques, mas o campo molhado dificultou a vida da equipe baiana. Já no finalzinho, Rafael Sóbis conseguiu colocar o Vozão em vantagem, fazendo justiça ao que foi visto até aqui.

Segundo tempo de água

Quando o Vitória conseguiu melhorar na partida, a chuva voltou a cair no seu de Fortaleza. O gramado ficou parecendo um grande pasto. Com o campo encharcado, os jogadores tentavam tirar a bola do gramado e começaram a jogar de forma ríspida, com pontapés de lado a lado. Em uma jogada no meio de campo, Rafael Sóbis e Thiago Carleto começaram uma confusão e quem levou a pior foi o treinador do Vozão, Enderson Moreira, que levou cartão amarelo por reclamação.

Aos 41 minutos, o Vitória ainda teve um jogador expulso. João Victor segurou Vinícius, quando o meia do Ceará saía livre em direção ao gol do Vitória. Mesmo coma  derrota, Geninho ficava pedindo o final da partida na beira do campo e foi atendido aos 49 minutos.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui