Vitória faz jogo histórico mas não consegue classificação

Foram necessários 55 minutos de jogo para definir a última vaga nas quartas de final do NBB 2017/2018, mas no fim, deu Minas Tênis Clube. O clube mineiro venceu o Jogo 5 das oitavas de final após três prorrogações, na noite desta quinta-feira (12), por 117 a 111, e garantiu um lugar entre os oito melhores times do país.

A PARTIDA

Ao todo, foram 14 trocas de liderança e sete empates no placar, sendo três deles gerando tempos extras. Emoção de sobra para os torcedores presentes no Ginásio de Cajazeiras.

“Playoff entre o oitavo e nono são sempre os mais equilibrados. Terminamos c om campanhas iguais, cada um ganhou uma na fase de classificação. Foi um jogo histórico, quem ganha é o basquete brasileiro e o NBB. Parabéns ao Minas. Foram tantos detalhes, falhamos no fim, eles também falharam, mas na última prorrogação eles foram melhores”, disse o ala/armador André Góes, do Vitória.

O Vitória chegou a ver o Minas abrir 12 pontos ainda no quarto período, mas reuniu forças, reacendeu a torcida no ginásio e buscou  empate. Com participação crucial de Maique e Dawkins, a equipe da casa contou com bola de 3 pontos de Okorie e empatou a partida restando pouco menos de 1 minuto para o fim (78 a 78).

O primeiro tempo extra começou com total superioridade do Vitória, que chegou a abrir cinco pontos no início (83 a 78). Mas, assim como os baianos fizeram no quarto período, os mineiros não desistiram e também buscaram o empate. Roquemore converteu uma bola de 3 pontos milagrosa restando 26 segundos para o fim e deixou tudo igual no placar mais uma vez (83 a 83).

Na segunda prorrogação, com diversas trocas de lance livre, o rubro-negro baiano chegou aos segundos finais perdendo por dois pontos (102 a 100), Kenny Dawkins chamou a responsabilidade na última posse, infiltrou para cima de Audrei e fez uma linda bandeja em dois tempos para deixar tudo igual no placar e levar o jogo para o terceiro tempo extra (102 a 102).

Restando 33 segundos para acabar, Jefferson Campos sacou uma bola de 3 pontos salvadora e colocou o Minas em vantagem (112 a 111).  Em sua posse, o rubro-negro baiano não aproveitou suas três tentativas de cestas seguintes e colocou os mineiros na linha dos lances livres após cada erro, o que resultou no placar final de 117 a 111.

Que venha o Flamengo: Depois da emocionante classificação, o Minas terá o líder Flamengo pela frente nas quartas de final. A série quartas de final começará no domingo (15/08), às 14 horas (de Brasília), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

 

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 1079 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*