Vitória é superior, mas Ba-Vi da Independência termina em 0x0

Foto: Tiago Caldas

O primeiro Ba-Vi do Brasileirão 2017 não honrou com gols a data celebrativa em que aconteceu, 2 de julho, Dia da Independência da Bahia. No Barradão, o Vitória jogou melhor que o rival, mas parou na bela atuação de Jean, destaque da partida.

O JOGO

Na primeira etapa, com mais posse de bola e mais presença no ataque, o Vitória chegou ter mais que o dobro de finalizações que o Bahia (12, contra 5 do rival. Se não fosse Jean, o vitória terminaria na frente. O goleiro tricolor fez quatro defesas, sendo três difíceis. David entrou no lugar de Kieza, que saiu machucado. Dois cartões amarelos foram dados para cada lado: pelo Bahia, Tiago e Zé Rafael, já pelo lado do Vitória, André Lima e Kanu.

SEGUNDO TEMPO: TUDO COMO ANTES

O segundo tempo começou exatamente como terminou o primeiro, com vitória pressionando o Bahia e Jean salvando. Bahia sem produtividade, sem força para sair jogando.
Depois do pedido da torcida, Alexander Gallo colocou Neilton, que deu mais dinâmica ao jogo. O Vitória pressionava, mas a bola não entrava, sempre parando no paredão tricolor. Nos minutos finais, a partida começou a ficar morna, com o Bahia diminuindo o ritmo prendendo o jogo, gostando do empate.

PASSANDO A RÉGUA

Tanto Bahia quanto vitória, perdem um jogador para a próxima rodada por conta do terceiro cartão amarelo. No Vitória, Geferson e no Bahia Alione.
O ponto somado foi suficiente para tirar o Bahia da zona do rebaixamento, já que o São Paulo não pontuou. O tricolor figura agora na 16° posição. Já o Vitória, permanece em 18° colocado. O próximo desafio do rubro-negro será contra o lanterna Atlético-GO, sábado, em Goiânia. No domingo, o Bahia encara o Fluminense na Fonte Nova, às 16h.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0X0 BAHIA

2 de julho de 2017, domingo / 16h (horário de Brasília)

Local: Estádio Manoel Barradas, BA

Competição: Campeonato Brasileiro / 11° rodada

Público Total: 11.353

Público Pagante: 10.741

Renda: R$ 195.833,50

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Cartões Amarelos: André Lima, Kanu, Willian Farias, Geferson e Patric

Cartões Vermelhos: Zé Rafael, Allione e Tiago

VITÓRIA: Fernando Miguel, Patric, Kanu, Ramon, Geferson; Willian Farias, Yago, Carlos Eduardo (Gabriel Xavier), Cleiton Xavier (Neilton); Kieza (David) e André Lima / Técnico: Alexandre Gallo

BAHIA: Jean, Eduardo, Tiago, Éder, Armero; Mateus Sales, Renê Júnior, Régis (Vinícius), Allione (Douglas), Zé Rafael (Juninho); Mendoza / Técnico: Jorginho

 

 

Leo Sousa
Sobre Leo Sousa 41 Artigos
Estudante de B.I em Humanidades (UFBA). Colunista e repórter do Esporte Clube Bahia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*