O Fluminense de Feira precisava de uma vitória simples ou um empate em 0 a 0, para avançar à próxima fase da série D. Por outro, o Campinense precisava de uma vitória ou um empate, desde que por dois ou mais gols. Com o empate, o Fluminense de Feira conseguiu arrancar a classificação contra um dos favoritos da competição.

O JOGO

Precisando do resultado, a equipe do Campinense partiu para cima logo no início da primeira etapa. Aos 6´minutos,  Sávio levantou na área e o goleiro Jair mandou para escanteio. Na cobrança, a zaga do Fluminense acabou afastando o perigo. Dois minutos depois, Reinaldo Alagoano cruzou na área e Muller Fernandes tentou aproveitar com uma meia bicicleta.

O Fluminense não levava perigo real a equipe do Campinense e se postava bem na zaga. O primeiro tempo terminou sem grandes chances para qualquer um dos lados.

Segunda etapa

O Fluminense de Feira voltou com a proposta clara de jogar com o regulamento embaixo do braço. O Campinense tentava de toda maneira chegar a entrada da área do Flu, mas a zaga estava muito bem postada e não dava chances.

Aos 37´ da segunda etapa o Fluminense quase viu a classificação escapar, Tarcísio bagunçou a defesa do Flu, ele driblou três defensores, mas acaba errando na hora da finalização. No finalzinho, Reinaldo Alagoano tentou o chute mas Jair estava lá pra defender.

Passa a régua

O Fluminense de Feira encara agora um baiano. A Juazeirense passou de fase ao vencer a equipe do Jacobina, assim, mais duas equipes baianas se encontram na competição.

FICHA TÉCNICA:

Campinense: Glédson; Osvaldir (Guilherme), Luiz Henrique, Rafael Jensen, Sávio; Fernando Pires, Carlos Alberto, João Paulo (Tarcísio), Maranhão; Reinaldo Alagoano, Muller Fernandes (Thiago Potiguar). Técnico: Aílton Silva.

Fluminense de Feira: Jair; Edson (Osmar), Breno, Eduardo, Gilmar; Rogério (Welton), Memo, Gil Baiano, Rafael Granja; João Neto (Gian), Jonatas Obina. Técnico: Paulo Foiani.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui