“Temos condições, sim, de sair de lá com o resultado positivo”, garante Paulo Sales, sobre o jogo contra o Bahia de Feira

Foto: Divulgação/Jacobina

@resenhanarede

Ainda é cedo, mas o Jacobina já começa a viver uma situação que nenhum time gosta de passar durante o campeonato, a falta de vitórias. Já são três partidas e apenas 1 ponto conquistado até aqui. Mas, em entrevista ao Resenha na Rede, o técnico Paulo Sales, projetou um novo rumo para o Jegue da Chapada, começando na partida deste domingo (3), contra o Bahia de Feira, na Arena Cajueiro.

Na última rodada, o Jegue conquistou um importante ponto fora de casa, no empate contra o Fluminense. Mas na visão do comandante, o resultado poderia ter sido melhor, dado as circunstâncias da partida.

“Foi importante, mas pela circunstância do jogo contra o Fluminense, pelo o que nós apresentamos, merecíamos sair com o resultado melhor. Fomos bem superiores ao Fluminense.”, lamentou.

Sales elogiou a postura do próximo adversário que vem mostrando um bom futebol e está invicto em três partidas do Estadual. Ele garantiu que está confiante em sua equipe que, para ele, tem condições de sair de Feira de Santana com os três pontos.

“O Bahia de Feira sem sombra de dúvidas, os números por si só já falam. É considerada hoje a melhor equipe do Campeonato Baiano. Tem provado isso, não só pelos resultados, mas também pelas apresentações. Mas, temos condições, sim, de sair de lá com o resultado positivo.  Eu sei que futebol é momentâneo, mas já tivemos dois jogos com eles [amistosos] com essa mesma equipe que vem jogando. Fizemos duas boas apresentações. Respeito muito o Bahia de Feira, é a melhor equipe, é a primeira colocada. Existe um favoritismo, não só pela sua classificação, mas por uma série de fatores, um dos quais a questão do campo [grama sintética]”, disse. “O time vai bem postado, estamos confiantes. O nível de confiança dos atletas aumentou. Os jogos têm sido dentro daquilo que nós trabalhamos em termo de esquema tático, modelo de jogo. Esperamos que possamos apresentar um bom futebol e sair com o resultado positivo. No momento, o mais importante para a equipe do Jacobina é a vitória”, garante o técnico do Jegue da Chapada. 

Paulo Sales comentou sobre o meia-atacante Vitinho, ex-Jacobina, hoje titular do Bahia de Feira, com quem já trabalhou tanto no Jegue da Chapada como no Cajazeiras. Vitinho deu uma declaração, em entrevista ao Resenha na Rede, apontando que daria dicas sobre o Jacobina ao técnico Barbosinha, se fosse possível. (Veja aqui).

Foto: Assessoria/Jacobina

“É um grande jogador. Já foi meu jogador em diversas oportunidades. Não haverá marcação individual nele. Não vamos sair daquilo que pensamos como jogo em função de apenas um atleta do time adversário. O esquema é o mesmo contra o Bahia de Feira, Bahia, Vitória, Vasco ou Flamengo”, explicou.

Sales já foi apelidado como “Rei do Acesso”, sempre que comandou uma equipe na disputa da Série B do Baianão. Agora, na primeira divisão, ele não quer saber de apelido e pretende levar o Jacobina às fases finais da competição.

“Esse rótulo era na segunda divisão. Na primeira, com o próprio Jacobina já chegamos em 5º lugar, em 2016. No geral, ficamos com a 3ª melhor marca na pontuação. Fomos vice-campeões da Taça Governador. Isso mostra que o trabalho é bem feito. Precisamos continuar trabalhando, a confiança é a mesma de antes. Vamos botar em prática tudo aquilo que fizemos na pré-temporada e tentar classificar o Jacobina para as finais”, completou.

A partida entre Bahia de Feira e Jacobina está marcada para domingo (3), às 16h, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. O Tremendao busca manter a invencibilidade no campeonato enquanto o Jegue da Chapada tentará a primeira vitória na competição.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*