Foto: Lucas Tavares/Dia Esportivo/Estadão Conteúdo

@Resenhanarede

Em meio ao cenário de aproximação do pico de casos de Coronavírus, o Ministério da Justiça, a Confederação Brasileira de Futebol e os clubes apontam para o retorno do futebol brasileiro em maio. Sem um pronunciamento oficial desde o inicio da pandemia, os atletas de futebol se manifestaram oficialmente através de vídeo e comunicado divulgados pela Federação Nacional de Atletas Profissionais (FENAPAF).

“Brasil, é hora de união de todos. Somos um povo, uma nação, temos diferentes realidades na nossa classe. A maioria só trabalha três vezes por ano. 95% de nós recebemos menos do que dois salários mínimos. Mudar as leis sem ouvir a gente? Isso não é legal. Estamos aqui e precisamos ser ouvidos com atenção. Afinal de contas, somos uma democracia. O povo brasileiro ama e quer o futebol de volta, nós também amamos e queremos voltar. Nossas famílias precisam de nós. Somos todos pelo trabalho, mas precisamos pensar na saúde de todos nós. Trabalho seguro, grandeza da nação. Com fé, venceremos essa partida juntos! “, divulgou a FENAPAF no texto em forma de protesto.
O vídeo veiculado, na noite dessa segunda-feira (4), não conta com a participação de nenhum atleta de clubes baianos. A peça divulgada tem as presenças de Everton Ribeiro e Diego (Flamengo), Fernando Prass (Ceará), Alecsandro (CSA), Leandro Castan (Vasco), Fernando Henrique (Santo André), Nenê e Hudson (Fluminense), Cássio (Corinthians), Bruno Alves (São Paulo), Marinho (Santos) e Felipe Melo (Palmeiras).
Colaborador: Osvaldo Barreto.
parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui