Sem emoção: Juazeirense e Bahia empatam em em primeira partida da semifinal

Juazeinse e Bahia ficaram no empate de 0 a 0 neste sábado (17), no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, nos primeiros 90 minutos da semifinal do Campeonato Baiano.

Agora o Bahia precisa de um novo empate para seguir na briga pelo título. Já o Cancão de Fogo tem que vencer, por qualquer placar.

As duas equipes se enfrentam no próximo domingo (25), às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela partida de volta da semifinal.

O JOGO

Logo aos três minutos o Tricolor chegou em bola alçada na área. Kayke cabeceou muito fraco, Marco Antônio pegou a sobra, mas chutou muito fraco facilitando o trabalho de Tigre. Em seguida veio a resposta da Juazeirense, que também finalizou fraco e o goleiro Douglas ficou com a bola.

A partida seguiu com um ritmo lento. Somente aos 26 minutos a Juazeirense chegou com o artilheiro do Campeonato Baiano, Salatiel. Ele recebeu a bola na entrada da  área do Tricolor e bateu girando. Douglas conseguiu fazer a defesa. No minuto seguinte, Júnior Gaúcho desperdiçou outra oportunidade. Ele aproveitou a bola alçada na área, numa cobrança de falta, mas cabeceou mal e ela subiu demais indo para fora.

A Juazeirense fez uma blitz aos 37 minutos. Eron bateu de chapa e Douglas fez grande defesa evitando que o placar fosse inaugurado. O ataque do Cancão de Fogo pegou a sobra, mas a defesa do Bahia conseguiu afastar o perigo.

No último minuto da primeira etapa, o Bahia teve boa chance. Léo puxou o ataque e tocou com Marco Antônio. Ele tabelou e recebeu na frente já na grande área cara a cara com Tigre, mas bateu mal e o goleiro fez a defesa.

Segundo tempo

Na volta do vestiário o técnico Guto Ferreira sacou Marco Antônio e colocou Elton. Enquanto a Juazeirense voltou com o mesmo time para o segundo tempo.

Não valeu! Aos 16 minutos, o Bahia abriu o placar com Kayke. Edigar Junio fez o arco para a grande área e o centroavante subiu e cabeceou. A bola passou pelo meio das pernas de Tigre e balançou as redes no Adauto Moraes. Mas o bandeira viu o camisa 21 em posição de impedimento, levantou o pano e o árbitro anulou o gol.

Zaluar foi obrigado a fazer a primeira substituição no minuto 20. O zagueiro Alyson sentiu a coxa e deixou o gramado. Emílio entrou no jogo.

Vinicius mandou uma pancada no gol aos 35. Ele aproveitou a sobra da bola e emendou uma bomba da meia-lua. A bola passou tirando tinta da trave direita do goleiro Tigre.

Depois foi a vez de Sassá experimentar de fora. Ele avançou pela direita e Bateu forte de longe. A bola passou perto do gol de Douglas e foi para fora.

FICHA TÉCNICA
Juazeirense 0x0 Bahia
Campeonato Baiano – Semifinal (1º jogo)
Local: Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro
Data: 17/03/2018 (sábado)
Horário: 18h30
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida (CBF/Salvador)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Paulo de Tarso Bregalda Gussen. (CBF/Salvador)
Cartão amarelo: Capone, Deca (Juazeirense) / Vinícius, Gregore, Léo (Bahia)
Juazeirense: Tigre, Capone, Alyson (Emílio), Eron e Deca; Waguinho, Júnior Gaúcho, Jussimar (Toni Galego) e Bruno Matos; Rayllan e Salatiel.Técnico: Luis Antonio Zaluar.

Bahia: Douglas; Nino Paraiba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore; Marco Antônio (Elton), Vinicius, Zé Rafael e Edigar Junio (Élber); Kayke (Geovane Itinga). Técnico: Guto Ferreira.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 884 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

1 Trackback / Pingback

  1. Decisão: Tricolor de Aço joga pelo empate contra a Juazeirense - resenhanarede

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*