Saiba qual o caminho do Vitória para escapar do rebaixamento

Foto: Divulgação/ECV

@ResenhaNaRede

Otimismo. Mais do que nunca, essa é a palavra que deve ecoar no Barradão nas próximas rodadas. Para escapar do rebaixamento, a missão do Vitória não é nada fácil. Isso porque a sequência de jogos do Leão da Barra é um tanto complicada. Com uma mesclagem entre confrontos diretos e adversários que disputam na parte de cima da tabela, cada jogo será considerado uma final de campeonato.

Faltando seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Vitória tem pela frente o rival Bahia no próximo domingo (11), em casa. Depois, visita o Sport-PE, na Ilha do Retiro. Na rodada seguinte recebe o Atlético-PR. Esses três jogos são os considerados menos difíceis para o Rubro-Negro, por se tratarem de adversários que estão em posições próximas do Leão, em comparação com a sequência das três últimas rodadas.

Brigando na parte de cima da tabela, Cruzeiro, Grêmio e Palmeiras serão os três últimos confrontos do Leão na Série A deste ano. Contra os mineiros e gaúchos, a partida será no Barradão. Já contra o líder Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo, jogo esse que pode ser o da comemoração do título alviverde, caso o verdão mantenha a liderança até o final.

No primeiro turno

No Ba-Vi do primeiro turno as lembranças não são das melhores para os Rubro-Negros. O time foi goleado pelo placar de 4×1 na Arena Fonte Nova. Os gols foram marcados por Zé Rafael, Vinícius, Tiago e Gilberto, para o Bahia e Lucas Marques para o Vitória. Já contra os pernambucanos no primeiro turno, o Leão venceu a partida por 1×0. O gol do jogo foi marcado por Erick.

Após voltar a vencer, o Rubro-Negro visitou o Atlético-PR, na Arena da Baixada, onde sofreu mais uma goleada, outra vez por 4×0. Na oportunidade, Pablo, Marcelo Cirino, Wellington e Marcinho marcaram para o Furacão. De volta a Salvador, diante de sua torcida a próxima missão do Leão era vencer o Cruzeiro. A partida terminou em empate por 1×1. Neilton marcou para o Vitória e Manoel para a Raposa.

Mais uma viagem, mais uma goleada. Desta vez, para o Grêmio, em Porto Alegre. Outra vez 4×0. Douglas, Jaílson, Everton e Eduardo marcaram para o tricolor gaúcho. Por fim, mas não menos importante, o Palmeiras visitou o Leão no Barradão. E conseguiu voltar para São Paulo com o três pontos na mala. O Vitória, apenas se lamentou com o placar de 3×0 sofrido dentro de casa. Deyverson duas vezes e Dudu marcaram para os paulistas.

Rebaixamento

Para conseguir se manter na Série A, o Vitória precisa atingir a marca mínima dos 45 pontos. Hoje, com 34 conquistados, na 17ª colocação, o Leão precisa somar mais 11 dos 18 que tem a disputar para escapar da degola. A soma não é tão simples, muito menos impossível. Basta fazer o dever de casa, vencendo as três partidas no Barradão, contra Bahia, Grêmio e Atlético-PR e uma fora, ou empatando as três fora de casa, para fazer 12 pontos e afastar qualquer risco de rebaixamento.

 

 

Eduardo Dias
Sobre Eduardo Dias 131 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Colunista e Repórter do interior.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*