Roger Machado, “o encantador de serpentes”

Foto: Felipe Oliveira/ECB.

@Resenhanarede

“O melhor que o Tite tem, a parte mais forte, é que é um grande encantador de serpentes, porque tem todos vocês da imprensa adormecidos”. Assim, o ex-zagueiro Lugano justificou sua preferência por Dunga em relação ao treinador Tite.

Roger Machado, treinador do Bahia, tem míseros 15% de aproveitamento nos últimos 20 jogos oficiais. São nove pontos conquistados, nos 60 disputados. Desempenho que resultaria em questionamentos de muitos especialistas. Contudo, Roger vive em um momento especial,  a maioria acredita que o desempenho ruim do segundo semestre de 2019 foi reflexo de um time que, no bom popular, não aguentou o rojão. Conseguindo, assim, manter sua “moral” inabalável.

Resultado de imagem para Grêmio 0 x 1 Bahia
Foto: Grêmio/divulgação.

Desses últimos 20 jogos, o único que o Bahia jogou bem durante os 90 minutos foi a vitória contra o Grêmio, na 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nas demais, o Bahia repetiu o roteiro. Time com linhas espaçadas, transição lenta entre a defesa e o meio de campo, falta de criação no último terço do campo e dependência dos gols de Gilberto. São 29 gols sofridos nessas últimas partidas.

INICIO COMPLICADO

O Bahia vive um inicio de ano parecido com o de 2019, com uma eliminação precoce em uma competição que muito se esperava. Com Enderson Moreira, o Bahia deixou a Sul-Americana e agora com Roger abandona a Copa do Brasil.

Roger Machado e direção do Bahia vivem uma simbiose, houve um completo encaixe entre os posicionamentos extracampo dos dirigentes e técnico. Contudo, Roger tem um aproveitamento de 45,75%, inferior aos 48% conquistados pelo seu antecessor, Enderson Moreira. Os números são frios e demonstram que Roger tem encantado pelo discurso. Já no futebol, o torcedor deu o recado após o BaVi, quem estava lá escutou.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

1 Comentário

  1. Infelizmente muitos ainda acredita nesse treinador e nesse elenco. Eu particularmente estou decepcionado com o Bahia 2020. Clayson e uma bosta, Danielsinho lerdo, Gilberto era pra ter vendido desde a vez que o Bahia perdeu pra o Flamengo no Maracanã que ele delirou. Falando q o sonho dele desde criança. Era jogar no Flamengo. Lucas Fonsceca zagueiro fraco. João Pedro uma bosta tbm. Há faltou o espírito de Vitória, pois o treinador e o presidente do Bahia acha normal sair da copa do Brasil, normal perder pra o Vitória. E pq o time ta no começo da temporada.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*