“Quando o coletivo é forte, o individual aparece”, diz Erick sobre desempenho da equipe

Jogador não enfrenta o Ceará no próximo sábado.

(Foto: Glauber Guerra/Bahia Notícias)

Em coletiva realizada hoje (11), o jogador Erick, autor do gol do triunfo contra o Vasco, falou sobre Carpegiani, relação com o torcedor e também sobre o confronto contra  Ceará.

Perguntado sobre o gol que garantiu a vitória do time em cima do Vasco, Erick disse que teve pouco tempo para pensar antes de finalizar.

“É um segundo para pensar. Na hora que o Léo enfiou a bola para mim, eu deixei ela correr. Primeiramente eu pensei em dar uma cavada, só que o goleiro ficou próximo a mim. Quando ele parou em minha frente, só fiz tirar dele.”

Sobre o confronto contra o Ceará, no sábado (15), em que ele cumpre suspenso, Erick destacou o grau de dificuldade diante do time cearense. “Vai ser um jogo difícil contra o Ceará. Tem que manter a pegada, jogar fora de casa do mesmo jeito que joga dentro”, disse o jogador.

Erick também falou sobre a mudança promovida por Carpegiani no time. “Ele chegou e deu uma arrumada na nossa casa. Nossa defesa estava tomando muito gol, ele conseguiu organizar. E o resultado dos jogos. Nosso coletivo ficou muito forte, e quando o coletivo fica forte, o individual aparece”, disse Erick.

Cássio Moreira
Sobre Cássio Moreira 101 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Repórter futebol baiano.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*