Projeto de Lei busca tornar Esporte Clube Vitória patrimônio imaterial de Salvador

Foto: Divulgação.

@Resenhanarede

O vereador Pedro Godinho (MDB) apresentou Projeto de Lei que declara Patrimônio Cultural Imaterial do município de Salvador o Esporte Clube Vitória. Trata-se do primeiro Projeto de Lei (01/2020) apresentado neste ano no Legislativo Municipal.

Na justificativa do projeto, o autor afirma que o Vitória foi o primeiro clube social nacional a ser fundado por brasileiros (antes dele, os outros tinham sido criados por estrangeiros residentes no Brasil) e um dos primeiros clubes do Brasil a praticar o futebol.

“Passado um longo período próspero, em especial a década de 1970, destaca-se a construção do seu estádio particular, o Barradão, no ano de 1986, fato que se tornou um divisor de águas na história do clube, tanto para o time como para a torcida. Desde a inauguração do seu estádio, o Vitória rapidamente consolidou-se em âmbito estadual e regional, em especial nas últimas décadas, em crescimento e conquistas esportivas”, disse o vereador.

No total, o Vitória possui atualmente 29 títulos baianos, sendo o último deles conquistado na edição de 2017.

“Devemos ressaltar que o Esporte Clube Vitória é, segundo o Datafolha, a 11 ª torcida do país. E também é a oitava maior torcida jovem do Brasil. Enfim, este motivo de orgulho para Bahia merece ser um Patrimônio Cultural Imaterial de Salvador”, concluiu Pedro Godinho.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*