‘Pior dia da minha carreira’, Aderllan desabafa após partida contra o Cruzeiro

Reprodução/Rede Bahia

Após marcar um gol contra e cometer o pênalti que originou o segundo gol, o zagueiro Aderllan concedeu coletiva à TV Bahia. Nitidamente abatido, o camisa 33 confessou que foi “o pior dia da carreira” e pediu desculpas à torcida do Vitória pelo desempenho no jogo.

“Dificil falar. A gente luta, tenta fazer as coisas certas, mas acabei penalizado pelo gol contra, pelo pênalti. Saio daqui com tristeza muito grande. É pedir perdão aos meus companenheiros, torcedores. Hoje é o pior dia da minha vida no futebol. Todo mundo sabe da minha luta. É pedir perdão, não tem o que falar. É noite para esquecer. A gente tenta fazer as coisas certas, mas infelizmente fui punido. Poderia ser outro, semana passada foi meu companheiro, hoje fui eu. Coisa amarga, nunca passei por isso. É tentar ganhar os outros dois jogos para sair dessa situação.”, afirmou o zagueiro na saída do campo.

O Vitória saiu derrotado pelo placar de 3 a 0. Além do gol contra de Aderllan, o segundo feito pelo zagueiro contra o patrimônio neste Brasileirão, Fred marcou duas vezes e fechou o placar do Mineirão na noite desta quarta-feira (21).

O Vitória ocupa a penúltima colocação do Campeonato Brasileiro somando 36 pontos até aqui. Restam duas rodadas e para se salvar do rebaixamento o rubro-negro precisa vencer Grêmio e Palmeiras nas duas últimas partidas, além de torcer por tropeços de seus adversários diretos na briga contra a degola.

O Vitória não sabe o que é vencer há 7 rodadas. A última vez que o time sentiu o gostinho da vitória foi contra a Chapecoense no dia 14 de outubro.

Vinicius Nascimento
Sobre Vinicius Nascimento 269 Artigos
Colunista e repórter. Setorista de Bahia e Vitória. Repórter do jornal Correio.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*