Foto: Reprodução.

@Resenhanarede

O torcedor tricolor já gritou “é campeão”, o rubro-negro comemorou goleadas, o do Bahia de Feira já esteve com a expectativa de ser campeão em plena Arena Fonte Nova. Quantos shows marcantes, encontros memoráveis, paqueras entre adolescentes, talvez até você que esteja lendo conheceu o grande amor de sua vida na Arena. Mas agora é hora da pausa. O momento é salvar vidas e gerar novas emoções nesse grande palco da alegria.

A partir desta sexta-feira (5), a Arena Fonte Nova pede licença ao povo baiano e passa a se chamar Hospital de Campanha Arena Fonte Nova. O maior palco do futebol baiano entra na guerra contra o Covid-19 e recebe os primeiros pacientes. Quando estiver com plena capacidade, o hospital terá 100 leitos de terapia intensiva e 140 leitos de internamento em enfermaria. Mais uma vez a Arena será gigante, sendo  o maior centro da Bahia exclusivo de tratamento para pacientes com o novo Coronavírus.

 

O Hospital de Campanha irá receber torcedores. Tricolores, rubro-negros, galicianos e do mais querido Ypiranga. Atenderá também aqueles vindos do interior do Estado, que carregam no coração o amor pelo Jacuipense, Jacobina, Atlético de Alagoinhas, Fluminense de Feira, Bahia de Feira, Doce Mel, Jequié e Juazeirense. Sem distinção de Série, atenderá os amantes do Colo-colo, do Itabuna e do novato Barcelona de Ilhéus, além de todos aqueles apaixonados pelo glorioso Intermunicipal.

Tudo bem Arena, a Bahia aceita o seu pedido de licença. Chegou a hora de deixar de ser o palco do povo festeiro, do louco pelo futebol. Chegou a hora de respirar fundo, ganhar forças e salvar o máximo de vidas.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui