“O Bahia que quero ver em campo é o Bahia da Fonte Nova”, afirma Roger Machado

Fotos - Felipe Oliveira/EC Bahia

@resenhanarede

O técnico Roger Machado concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (17), e confirmou que irá utilizar o esquema com três volantes diante do São Paulo, no Morumbi. Durante a semana nos treinamentos, Roger testou o time com os volantes Douglas Augusto, Elton e Gregore, fazendo um espécie de tripé.

Roger explicou que o esquema com três volantes que foi utilizado é parecido com o estilo de jogo que será implantado pelo Bahia em São Paulo.

“Gosto de usar o 4-3-3. Ter três jogadores de meio, um deles que cubra linha, que faça parte dos dois jogadores de meio fazendo um tripé e permita ter entrada no campo adversário com mais jogadores. Prefiro o 4-3-3 ao 4-1-4-1. Para mim é o que se assemelha ao que faremos em campo”, destacou.

Ainda segundo o treinador, o esquema deve ser mantido contra o mesmo São Paulo, pela Copa do Brasil.

“Inicialmente, estou pensando nos dois jogos seguintes, fora de casa, que naturalmente o adversário vai nos pressionar mais”

No ataque o treinador fez mistério quanto a escolha por Fernandão ou Gilberto para o time titular, mas deu uma pista para escolha.

“Fernandão é um jogador mais de área, que atua mais entre os zagueiros e tem capacidade de fazer pivô, o que dá tempo para o time sair de trás e preencher a área, quando pegamos time muito fechado e que se defende com muitos jogadores, temos a chance de criar jogadas pelos lados para acessar a área lateralmente, isso jogando dentro de casa muitas vezes. Gilberto é mais móvel. Ele tem essa característica. Mobilidade para sair da área, não ser só o finalizador, mas auxiliar na construção da jogada. O gol do Artur ele municiou ao jogar pelo lado. Isso gera a diferença pela escolha de um ou outro como titular”, disse.

O Bahia tem apresentado posturas diferentes quando atua dentro e fora de casa. Roger afirma querer ver nos confrontos longe de Salvador, o mesmo desempenho que o time tem quando joga na Fonte Nova.

O objetivo é nos jogos fora de casa procurar esse equilíbrio. A gente entende que é preciso aumentar essa proporção na medida que a gente queira fazer um grande campeonato. Nesses dois primeiros jogos, contra o Botafogo saímos na frente e depois cedemos a virada. Contra o Athletico logo nos primeiros momentos não suportamos a pressão inicial do adversário, o que decretou o gol e a vitória do adversário. O Bahia que quero ver em campo é o Bahia da Fonte Nova, com as precauções de jogar fora de casa, mas buscando os pontos que a gente quer, que são os pontos do triunfo”, finalizou.

O Bahia ocupa a 8ª posição na tabela de classificação, já o São Paulo é 3º. O confronto está marcado para domingo (19), às 11h, no Morumbi

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*