“Nós somos amantes do futebol”, conheça o Flamengo Salvador Fut 7

Foto: Resenha na Rede

Tarde de domingo chuvosa em Salvador-Ba, muitos poderiam estar em casa assistindo televisão, com seus familiares batendo um papo, mas quem tem um sonho e um objetivo costuma ir atrás dele, por isso, os jogadores do Flamengo Salvador nos receberam em mais um dia de treinamento. Um time formado por pessoas que acreditam no fortalecimento da modalidade e sonham em tornar-se uma força no Estado.

Foto: Resenha na Rede

Presidido por Vitor Cirne, que também desempenha a função de jogador, o time possui um grupo de jovens e experientes jogadores. Como toda equipe de esporte que tenta se profissionalizar, o Flamengo Salvador não possui patrocinadores e tem na figura do Presidente e na ajuda dos seus atletas a força para participar das competições.

“Nós somos amantes do futebol e infelizmente o futebol amador ainda não é tão requisitado na Bahia, mas estamos percebendo o crescimento da modalidade, ficamos felizes com algumas equipes disputando campeonato nacionais. Já joguei profissionalmente, esse ano tive a ideia de criar o time para voltar a fazer atividade e o projeto acabou ganhando corpo, nós não temos patrocínio e dividimos o custo do time com os jogadores, assim fazemos tudo bem organizado com material de jogo, uniforme do time”. Revela Vitor.

O Flamengo é filiado a Liga Baiana de Fut 7 e ficou na 6ª colocação na Liga Cup 2017, tendo como próxima competição a Copa Ouro de Fut 7 ainda esse ano. “Não somos filiados a Federação Baiana de Fut 7, mas encaramos com alegria o fortalecimento da modalidade, como por exemplo a convocação da Seleção Baiana de Fut 7. Independente de Federações, é bom ter outras ligas que consigam dar espaço em menor custo para times com o nosso”.

Foto: Resenha na Rede

Assim como o Presidente, o Flamengo tem outros atletas que tentaram a profissionalização e hoje buscam completar a paixão pelo futebol no Fut 7, como é o caso de Ícaro. Jogador que começou suas atividades no futsal – Esporte Clube Periperi – , mas se lesionou seriamente e se afastou do futebol de campo. Ícaro é aquele típico canhoto habilidoso, mas foge de maneira descontraída da imposição da camisa 10, “Não me considero o 10 do time, estou aqui para dar o meu melhor em prol do Flamengo, aqui tem muita gente boa (risos)”.

Bruninho é o pivô do time e destaca a qualidade do time que vem sendo formado, “Temos muita gente boa, os meninos entendem o que o treinador pede e eles sempre estão ajudando, não temos estrelas, sempre um correndo pelo outro. Mas sabemos que muitos precisam ainda se adaptar as regras do fut 7, por exemplo, aqui há um rodízio constante de funções, mas os meninos são inteligentes”, afirma.

 

 

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 825 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*