”Não posso condenar meu atleta em função disso”, afirma Roger após expulsão de Arthur

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na tarde deste sábado (20), o Bahia enfrentou o Cruzeiro na Arena Fonte Nova, e o placar foi de 0 a 0. O técnico Roger Machado comentou sobre a expulsão de Arthur Caíke, que levou dois cartões amarelos durante a partida, o treinador relatou que o jogador ficou triste com o ocorrido, acrescentando que não poderia condenar o atleta.

”Falei para o Arthur, ele muito sentido, muito triste, muito chateado, pediu a palavra para falar no vestiário. O que salientei foi que houve a imprudência, se expôs a um lance interpretativo. Mas do meu ponto de vista foi uma rigidez excessiva [do árbitro]. Mas faz parte do jogo, ainda mais em momentos pós-eliminação. É um jogo tenso, nervoso, que o torcedor vem para ver como vamos nos comportar em campo. Não deveria ter acontecido, mas faz parte. Não posso condenar meu atleta em função disso”, disse.

O Bahia está com 15 pontos, na 10° posição da tabela do Brasileirão Série A. Nesta partida contra o Cruzeiro, o Tricolor baiano teve alguns desfalques, como o de Nino, Élber e Elton, porém, o técnico contou com os novos jogadores que chegaram a pouco tempo no clube.

”Não considero normal a gente empatar em casa. No futebol sempre o copo está meio cheio. Até anteontem, a gente estava próximo de fazer história. O Brasileiro, embora importante, todos entendiam que na 11ª colocação estávamos fazendo uma boa campanha. A partir da eliminação, o copo virou meio vazio. Mas isso faz parte de nossa rotina. Não costumo me apegar muito a uma escalação fixa, mas é o rendimento que vai dizer. O campo dá o tom. Perdi o Douglas, ganhei o Ronaldo, tive o Lucca entrando muito bem. Não tive o Elton nem o Élber. Não tive o Nino, mas tive o Ezequiel. Queria que meus jogadores dessem uma resposta parecida com esta. Todo mundo cansado no vestiário, mas com a confiança retomada, afirmou.

Com quatro jogos sem vencer no Brasileirão, o Bahia terá chance de reverter a situação contra a Chapecoense no próximo domingo (28), às 11h, na Arena Condá.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*