Foto: reprodução Instagram

@resenhanarede

Mais do que jogar futebol, o projeto idealizado pela influenciadora digital Lettícia Muniz empodera mulheres e prova que todos os corpos são bem-vindos no esporte. A digital influencer, através de suas redes sociais, encontrou apoio de cinco treinadoras que começaram a realizar as atividades em janeiro de 2019 numa quadra na Vila Mariana (SP).

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O esporte, por muito tempo visto como masculino,  foi proibido para mulheres na década de 40 “Às mulheres não se permitirá a prática de desportos incompatíveis com as condições de sua natureza, devendo, para este efeito, o Conselho Nacional de Desportos baixar as necessárias instruções às entidades desportivas do país”, dizia o decreto-lei 3.199 de 14 de abril de 1941 e vigente até 1983.

Até os dias atuais a modalidade sofre preconceito, isso não foi empecilho para as  50 mulheres que compareceram ao primeiro treino, dentre elas, Mari Ferreira, 28 anos.

“Nunca havia jogado futebol antes. A importância do Jogue Como Uma Garota pra mim foi descobrir um esporte que gosto de praticar, mesmo não sabendo. Nossas professoras são maravilhosas e nos ensinam toda técnica. As garotas que sabem mais auxiliam as iniciantes”, explicou.

Questionada sobre o que mais impressiona no time, Mari revela que “o que mais me impressionou foi a união das mulheres desde o primeiro treino, dominando um ‘espaço masculino’, ajudando não só no futebol, mas também na vida pessoal”.

Foto: Arquivo Pessoal.

Ana Claudia Mayumi, 31 anos, atua como treinadora do time e relata como integrou a equipe. “Me tornei treinadora do Jogue Como Uma Garota através de uma amiga (Renata) de faculdade que também é treinadora do coletivo, só que ela é especialista na parte de preparação física. Por ela não ter experiência com o futebol, me convidou para ajudar nos treinos na parte de futebol e eu logo de cara topei. No começo eu não tinha noção do que iria encontrar, só fiquei muito feliz com a oportunidade de proporcionar um treino gratuito de futebol para mulheres”.

Foto: Arquivo Pessoal.

Mayumi conta sobre a importância do clube e o significado dele em sua vida “Jogue Como Uma Garota mudou completamente a minha vida. Eu sempre fui muito ligada ao futebol, mas com o coletivo eu pude reafirmar meus propósitos de vida e principalmente estar em contato com mulheres de diversas idades, histórias de vida e experiências diferentes com o futebol. Com o coletivo eu posso vivenciar a diversidade do futebol”.

AS DIFICULDADES

Bem como, a treinadora fala sobre as atuais dificuldades no coletivo. “As maiores dificuldades estão em tentar atingir o máximo de pessoas de diferentes classes sociais. Como divulgamos nossos treinos somente pela internet, uma parte de pessoas que não tem acesso não conseguem conhecer nosso trabalho. Além disso, temos problemas com a estrutura do local dos nossos treinos que é uma praça pública ainda muito simples. A troca de experiências existe graças a diversidade de pessoas que fazem parte do nosso convívio nos treinos e nas redes sociais. São diferentes histórias, desejos, vivência no futebol, classes sociais e formas de encarar a vida. Acredito que isso torna rica a nossa troca de conhecimentos, mostrando o quanto cada uma pode construir uma nova realidade dentro do esporte em especial no futebol”.

A relevância do futebol feminino está não apenas no jogo, mas na reafirmação que os espaços devem ser ofertados para todos, é símbolo de resistência. Para mulheres que têm medo ou vergonha de praticar esportes, a treinadora aconselha “. Eu diria para essas mulheres que elas não estão sozinhas e que são livres para fazerem aquilo que quiserem. Está tudo bem não saber jogar, basta o incentivo para aprender e o nosso objetivo é mostrar que todas mulheres são capazes de jogar futebol de diferentes formas. Jogar futebol é um ato político e de resistência e o futebol pode ser sim para todas, independente da habilidade”, afirmou.

Foto: Arquivo Pessoal.

COLETIVO DE MULHERES

O Jogue como uma Garota FC, conta hoje, além do coletivo de mulheres, com o apoio da Nike, a marca tem em sua loja, disponíveis para venda a “Camisa Nike X Jogue Como Uma Garota” que homenageia o coletivo de futebol feminino.

Colaborador: Bruna Almeida

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui