Foto: Felipe Oliveira/ECB.

@Resenhanarede

O Bahia decepcionou o seu torcedor e perdeu a primeira partida da final da Copa do Nordeste por 3 a 1, fato que faz que o Tricolor ter que ganhar a equipe do Ceará por uma diferença de dois gols. O treinador Roger Machado acredita que a inconsistência da equipe após o empate foi fundamental para o resultado.

“Jogos decisivos os erros têm que ser zero, ainda mais em uma partida que nós saímos na frente e não conseguimos desfrutar e impor ao adversário por dois ou três minutos a vantagem do placar. Então, a inconsistência no jogo, associada os nossos erros técnicos fizeram com que o adversário ganhassem confiança.”

Questionado por não realizar as cinco substituições permitidas, Roger Machado contou que não se vê obrigado a realizá-las.

“As cinco substituições não é uma obrigação, é uma opção. As três que fiz foi para renovar nosso ataque. Tirei um volante defensivo e coloquei o Flávio como primeiro. Coloquei o Danielzinho mais a frente, nós estávamos com um meio campo ofensivo com o passar dos laterais. Além do que, é a primeira partida da decisão, embora a gente saia derrotado, não acabou aqui”.

Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (4), às 21h30 (de Brasília), novamente no Estádio de Pituaçu.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui