Foto: Feras da Bola.

@Resenhanarede

A Seleção de Itapetinga chega a sua terceira final no Campeonato Intermunicipal, nas outras duas vezes (1995 e 1996) a equipe garantiu o título da competição. Mas neste ano, poucos poderiam imaginar que os itapetinguenses chegassem com reais chances de alcançar o feito, tendo em vista que, a Seleção passou por uma grande crise ainda nas oitavas de final, quando os jogadores ameaçaram não entrar em campo contra Ibicaraí, devido ao atraso no pagamento de salário.

Foto: Reprodução.

O treinador Marcos Correia foi o grande responsável por conseguir mante o foco dos jogadores e agora tem oportunidade de levantar o título pela primeira vez. O comandante foi vice-campeão do Intermunicipal em 2016, quando esteve a frente da Seleção de Itabela e conversou com o site Resenha na Rede sobre este momento.

“Meu quinto ano de intermunicipal e é o meu objetivo alcançar o primeiro título. Estive todos esses anos chegando entre os quatro, fui vice em 2016 e esse é o grande momento para realizar o meu sonho e dos mais de 78 mil habitantes da cidade, que estão esperando esse tri-campeonato”, afirmou Marco.

A decisão será fora de casa, mas a equipe de Itapetinga se saiu bem no seu mando de campo, vencendo a partida de ida por 1 a 0. Agora tem a vantagem do empate no tempo normal para ficar com o título.  “A expectativa e boa, fizemos o nosso dever de casa, ganhamos de 1 a 0. Claro que é uma pequena vantagem, mas tratando-se de final, termina sendo uma boa vantagem”, reconhece o treinador.

O técnico garante que arma para partida é o eficiente sistema defensivo da equipe. “Lá eles vão ter que ter uma proposta mais ofensiva e a gente vai buscar os espaços para ter um resultado positivo. Se a gente não tomar gol, a gente é campeão e esperamos muito sair de lá com esse título. Faltam 90 minutos e esperamos fechar com chave de ouro, até porque, desde o início do ano o pessoal de Itapetinga se preparou para isso”, garantiu Marco Correia.

A decisão será neste domingo (16), às 14h45, no Estádio Juarez Barbosa, o Barbosão. Se a seleção de Itamaraju ganhar por um gol de diferença, a decisão será decidida na cobrança de penalidades.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui