Foto: Camaçari Notícias.
parceiro oficial

@Resenhanarede

A maior parte do terreno do Centro de Treinamento Evaristo de Macedo está na cidade de Camaçari (BA), uma pequena porção do empreendimento, incluindo o trecho de acesso, fica do lado município de Dias D´Ávilla (BA). Assim, o registro do imóvel foi realizado na cidade camaçariense.

Durante a inauguração do CT, o prefeito de Camaçari,  Elinaldo Araújo, entregou o projeto de lei, que autoriza a isenção de impostos municipais, ao presidente do clube, Guilherme Bellintani. O texto, já aprovado pela Câmara de Vereadores, garante que a isenção deve ser de 70%. Segue agora para ser sancionado pelo gestor municipal, que já manifestou ser totalmente favorável.

“A vinda de um clube tão grande como Bahia abre possibilidades para gerar economia dentro do município e isso é muito bom. E entendendo a importância desse equipamento entrego o Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Vereadores, onde Camaçari dá isenção de 70% dos impostos”, ressaltou o gestor municipal, acrescentando que firmará um convênio para o desenvolvimento de atividades sociais com os jovens do município, dentro do esporte”, disse.

O município segue na contramão do que vem sendo adotado pela Receita Federal. Em 2018, os 20 clubes da Série A passaram a ser alvo de uma operação especial dos auditores do Fisco e tiveram suspensas a imunidade e isenção referentes ao Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), sob o argumento de que esse tipo de benefício é restrito a instituições de caráter filantrópico, recreativo, cultural e científico e associações civis sem fins lucrativos.Os auditores da Receita entendem que os clubes realizam atividades empresariais.

Foto: Felipe Oliveira/ECB.

TUDO LEGAL

A isenção tributária é um incentivo legal, na qual, o beneficiado precisa promover o desenvolvimento econômico e social de determinada região. E este é o argumento utilizado pelo prefeito da cidade e defendido também nas palavras do presidente do clube.

“Esse desconto que teremos no IPTU é muito bem vindo, pois, quanto mais dinheiro economizamos, mais podemos investir em futebol e no social. Essa parceria é importante, pois a transformação que buscamos promover aqui não se faz sozinho”, disse.

TUDO PRECISA SE TORNAR MORAL

O Bahia está totalmente organizado administrativa e financeiramente e tem para o ano de 2020 uma previsão orçamentária recorde, em um total de R$179 milhões.  A receita líquida para o ano vigente está estimada em R$ 165 milhões. Se de fato o clube atingir o orçamento previsto em 2020, este será o quarto ano consecutivo com aumento de projeção de receitas.

Camaçari não é uma cidade pobre, pelo menos em arrecadação. Em balanço divulgado no terceiro quadrimestre de 2018, foi demonstrado que a cidade arrecadou em receitas tributárias R$355 milhões.

A população da cidade recebeu o Bahia de braços abertos e agora espera uma contrapartida condizente com todas benesses concedidas pelo município. Se não, será um pouco complicado explicar ao cidadão camaçariense porque o Bahia  não pagou mais da metade do IPTU.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui