Leão não evita nova goleada e agora está na zona de rebaixamento

Foto: Maurícia da Matta/ECV.

@Resenhanarede

O Vitória recebeu a equipe do Palmeiras na tarde deste domingo (19), jogo pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a perda dos três pontos e o placar de 3 a 0, o Leão da Barra voltou a zona de rebaixamento e ocupa agora a 17ª colocação no Brasileirão.

Com apenas quatro titulares em campo, o goleiro Weverton, o lateral Marcos Rocha, o volante Bruno Henrique e o atacante Dudu, o Palmeiras buscou se impor desde o inicio da partida e teve em Deyverson o nome da partida, após o atacante marcar dois gols na primeira etapa.

O JOGO

Na busca de conseguir os três pontos, o Vitória teve a primeira oportunidade aos nove minutos da primeira etapa. Rodrigo Andrade aproveitou a sobra da bola na entrada da área, mandou uma bomba para o gol, mas Weverton conseguiu agarrar.

Um minuto depois a equipe alviverde respondeu com gol.  Marcos Rocha recebeu o lançamento na ponta-direita, ajeita de cabeça para Deyverson chutar na entrada da área. O Verdão abriu o placar no Barradão.

Aos 19 minutos, o Vitória tentou reagir. Rodrigo Andrade recebeu a bola livre de marcação na grande área, chutou, mas Weverton fez uma linda defesa. Neilton pegou o rebote, caiu dentro da área, mas o juíz dá tiro de meta.

Mas após dez minutos o Vitória vacilou novamente. Dudu cobrou o escanteio na cabeça de Deyverson, que cabeceou firma para o fundo do gol de Ronaldo.

O Leão tentou assustar aos 31 minutos. Yago recebeu de Neilton na entrada da área, chutou forte, a bola desviou e passou por cima do gol de Weverton.

Aos 38 minutos, o Verdão realizou uma blitz na zaga rubro-negra. Bruno Henrique arriscou de longe, Ronaldo fez a defesa e no rebote Marcos Rocha tentou duas vezes, mas o goleiro fez duas defesas! A bola sobrou para Bruno Henrique, que rolou para Dudu tentar por cobertura. Ronaldo fez a defesa, a bola bateu no travessão e sobrou para Deyverson. O atacante tentou de cabeça, e Ruan Renato afastou em cima da linha.

O primeiro tempo terminou com protesto da torcida do Vitória nas arquibancadas.

SEGUNDA ETAPA

O Palmeiras voltou modificado para segunda etapa, Bruno Henrique deixou a equipe para dar lugar Moisés. Já Carpegiani não trocou ninguém no time do Vitória.

A primeira boa chance foi dos visitantes, aos 12 minutos. Dudu avançou pela esquerda, passou pela marcação e chutou no gol. A bola passa muito perto da trave. Um minuto depois o atacante não deixou barato, Marcos Rocha cruzou para Lucas Lima na área, ele dominou para dentro, Dudu pegou a sobra, driblou Aderllan e chutou no canto de Ronaldo. 3 a 0 Palmeiras.

Aos 17 minutos, após jogada ensaiada, Victor Luis encheu uma bomba de longe, mas o goleiro Ronaldo fez a defesa.

INACREDITÁVEL! Dudu enfiou uma linda bola para Marcos Rocha na lateral, ele tocou para Hyoran, mas o jogador furou a bola e ela sobrou para Victor Luis. O lateral, cara a cara com o goleiro, isolou o chute.

O Palmeiras cadenciava a partida, mas voltou a assustar aos 44 minutos. Moisés lançou uma linda bola para Diogo Barbosa. O lateral invadiu a área e bateu cruzado, passando muito perto da trave de Ronaldo.

Passado a régua

Péssima atuação de todo o sistema defensivo do Vitória. É o time mais vazado do Brasileirão: 39 gols em 19 jogos (mais do que dois de média por partida).

FICHA TÉCNICA
Vitória 0x 3 Palmeiras

Campeonato Brasileiro – 19ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 19/08/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitros: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior  (DF) e Luciano Benevides de Souza (DF)
Assistentes adicionais: Rafael Martins Diniz (DF) e Christiano Gayo Nascimento (DF)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade e Neilton (Vitória); Bruno Henrique (Palmeiras)
Gols: Deyverson (Duas vezes) e Dudu (Palmeiras).

Vitória:  Ronaldo; Jeferson, Ruan Renato, Aderllan e Benítez; Ramon, Rodrigo Andrade, Yago (André Lima), Erick (Lucas Fernandes) e Neilton; Walter Bou (Wallyson). Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos e Bruno Henrique (Moisés); Hyoran, Lucas Lima e Dudu (Diogo Barbosa); Deyverson. Técnico: Felipão.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 986 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*