Guia do Campeonato Baiano – Série B 2018

Campeã do último Baiano Série B, a Jequié garantiu a permanência no Baianão 2019. Foto: Reprodução

O Campeonato Baiano série B tem inicio no próximo sábado (10), com seis clubes disputando a oportunidade de alcançar a Série A do certame estadual. Atlético de Alagoinhas, Cajazeiras, Colo-Colo, Conquista, Galícia e Teixeira de Freitas são os clubes que estarão envolvidos na disputa, na qual, somente um clube terá acesso a primeira divisão do Baianão 2019.

No ano passado (2017), Cajazeiras e Jequié fizeram a final da competição em dois jogos. Na primeira partida a equipe da ADJ venceu o Cajazeiras por 4 a 1, na partida de volta garantiu o acesso vencendo por 3 a 1. O Jequié retornou a série A do Baianão após 21 anos.

Nesta edição o campeonato será disputado em turno único, sendo que haverá 02 (duas) fases – uma de classificação e a final -.  A fase de Classificação terá a participação dos 06 (seis) clubes, os quais comporão o Grupo 01, e se enfrentarão entre si no sistema de ida e volta. As duas primeiras colocadas do grupo se enfrentarão na fase final.

Nenhuma equipe será rebaixada, contudo, as duas equipes nos dois últimos lugares da Fase, se desejarem disputar o Campeonato Baiano – Série B – 2019 – terão que disputar um torneio seletivo.

1 FASE:

|TURNO ÚNICO|

TODOS X TODOS

CLASSIFICAM OS 2 PRIMEIROS COLOCADOS

NÃO HÁ CLUBE REBAIXADO.

FINAIS

2º do GR – 01 x 1º do GR – 01

1º do GR – 01 x 2º do GR – 01

Esse será o formato de disputa do Campeonato Baiano – Série B. O Resenha na Rede elaborou um guia para apresentar as seis equipes que disputam a competição em 2018.

 

ATLÉTICO DE ALAGOINHAS

O  Carcará carrega com orgulho o nome da cidade em seu nome, esssa que tem uma população apaixonada por futebol e viu o clube abandonar a Série A do Baiano no ano de . Campeonatou que participou pela primeira vez no ano de 1971.

Foto: Reprodução

Mas foi em 2012 que o clube amargou a 12ª colocação no Campeonato Baiano, sendo rebaixado. Neste ano de 2018 a direção proporciona ao torcedor o sonho de volta a elite do certame estadual e terá o estádio do Carneirão como grande aliado.

A aposta do clube está no banco de reservas. O treinador Arnaldo Lira será o comandante do clube na Série B. O treinador tem vasta experiência com clubes baianos, tendo sua última passagem no Fluminense de Feira, onde foi desclassificado no ano passado da fase pré-liminar da Copa do Nordeste. Em 2011 o treinador foi Campeão Baiano com a equipe do Bahia de Feira

A estreia do clube é contra o Cajazeiras, no próximo sábado (10), às 9h, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. A equipe parece estar preparada para partida, no último amistoso goleou a equipe do Redenção por 12 a 0.

CAJAZEIRAS

Foi por pouco! A equipe do Cajazeiras quase conseguiu o acesso para série A do Campeonato Baiano 2018, mas foi vice-campeã da série B, perdendo a vaga para equipe do Jequié.

Para acrescentar ingrediente a fórmula, os gestores do clube foram buscar o treinador responsável pela equipe que garantiu o título da Série B 2017. Tendo o seu trabalho admirado pelos gestores do Cajazeiras, Paulo Salles foi convidado para ser o novo treinador do clube.

Foto: Reprodução

A aposta do clube é em jogadores jovens, muitos do elenco são oriundos da Copa Cajazeiras, competição que vem ganhando grande destaque pela revelação de jogadores e pela sua grande estrutura.

O Lobo Guará inicia a competição diante da equipe do Atlético de Alagoinhas. A partida acontecerá no estádio de Pituaçu, onde o Cajazeiras mandará os seus jogos durante a competição, às 9h.

COLO-COLO

O Tigre é da cidade de Ilhéus, tendo seu auge no ano de 2006 quando foi campeão baiano. Contudo, o time passou a conviver com uma grande turbulência administrativa durante os últimos anos e agora tenta retornar a elite do futebol baiano.

Reprodução

O Clube mandará os seus jogos no estádio Mario Pessoa em Ilhéus e terá como primeiro desafio encarar a tradicional equipe do Galícia, às 15h, domingo (11).

O clube tem no banco de reservas o retorno do técnico Ferreira, responsável direto pelo título do Campeonato Baiano de 2006. A tentativa do grupo que administra a equipe é reeditar uma parceria que outrora trouxe resultado muito positivo para história recente do clube.

CONQUISTA

O Conquista Futebol Clube retorna as disputas profissionais no ano de 2018. A estreia na série B é contra o time do Teixeira de Freitas, a partida será neste domingo (11), às 16 horas, no estádio Antônio Rodrigues.

O treinador da equipe é Beto Oliveira, campeão do Intermunicipal 2017 com a seleção de Eunápolis e agora tem oportunidade de disputar a série B do Campeonato Baiano.

Atacante Índio, em homenagem realizada pelo Vitória. Foto: Reprodução

O Diretor de Futebol, Paulo Roberto, apostou em nomes tarimbados para formação do elenco. O lateral-direito, Carlos Alberto, com passagem pelo Bahia, disputará a competição pelo time. Outra grata surpresa para disputa é o atacante Índio, com passagem importante pelo Esporte Clube Vitória.

GALÍCIA

O Granadeiro tem nova chance de retornar a Série A do Campeonato Baiano. O Clube tem um passado glorioso, sendo apelidado de “Demolidor de Campeões”. São cinco os títulos baianos na sala de troféus do Azulino e uma torcida apaixonada e adormecida vive a expectativa do título na Série B.

O Azulino terá no banco de reservas um treinador acostumado com a série B do Campeonato Baiano. Sérgio Veloso foi campeão da competição com o Ipitanga (2004) e repetiu o feito em 2016, quando foi campeão com a equipe do Atlântico. A diretoria aposta que o treinador repita a campanha de 2013, quando o treinador levou o Granadeiro a Série A do Baiano, quando foi campeão da segunda divisão vencendo os dois jogos finais contra a Catuense. Seu último clube foi o Teixeira de Freitas na disputa da série B.

No último teste antes da estreia na competição, o time de Sérgio Veloso empatou com o sub-20 do Esporte Clube Bahia. O treinador foi a campo com o que pode ser a prévia da equipe titular, formada com: Paulo, Lula, Rogério, Murilo e Joivan; Pablo, Mateus Santos, Kal e Mateus Costa; Ney e Amaral. Técnico: Sérgio Veloso.

Jogo treino no Fazendão. Foto: Hilton Oliveira/Galícia.

O clube mandará seus jogos em Salvador e terá como grande trunfo o estádio de Pituaçu. A primeira partida será disputada contra o Colo-Colo, na cidade de Ilhéus, às 15h, no estádio Mario Pessoa.

TEIXEIRA DE FREITAS

A Associação Atlética Portela Teixeira de Freitas retornou ao futebol profissional em 2016, após uma longa licença de 15 anos. O clube da cidade de Teixeira de Freitas mandará os seus jogos no reformado estádio municipal Antônio Rodrigues Santana (o Tomantão).

A alcunha Portela foi inserida no nome do clube no ano de 2017. O Presidente, Gerson Portela, na época afirmou que a mudança foi realizada no Estatuto, houve a preferência em reativar o time de Teixeira de Freitas, ao invés de começar um clube do zero.

Foto: Reprodução

O Portela estreia na competição contra o time do Conquista, a partida será realizada no domingo (11), às 16h da tarde. Oportunidade da cidade de Teixeira de Freitas voltar a receber eventos do futebol profissional.

 

 

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 826 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*