Fora de casa, Atlântico empata e permanece na lanterna

Tubarão chegou a virar a partida, mas tomou o gol de empate nos acréscimos.

Foto: Waldemir Vidal

Precisando da vitória, o Atlântico foi até Feira de Santana encarar o Bahia de Feira. O Tremendão buscava a vitória para seguir na briga por uma vaga nas semifinais, enquanto o Tubarão precisava desesperadamente do triunfo para continuar sonhando com a permanência na primeira divisão. O Atlântico chegou a virar a partida, mas tomou um gol nos acréscimos e a partida terminou 2×2.

O Jogo

Os donos da casa abriram o placar aos 35 minutos da primeira etapa, com gol de Deon, velho conhecido no futebol baiano. O placar persistiu até o intervalo. No segundo tempo, sabendo que precisava da vitória, o Atlântico não se intimidou e foi buscar o resultado. Aos 10 minutos da segunda etapa, de pênalti, Matheus empatou para o Tubarão. Aos 31, Hugo virou para o Atlântico, que parecia conhecer o gosto da vitória pela primeira vez na competição. Só que nos acréscimos, Deon fez o segundo dele na partida e deu o empate para o Bahia de Feira.

Com o empate, o Atlântico chega a 2 pontos, chegando na última rodada com a missão de vencer a Juazeirense e torcer por uma derrota do Jacobina. Já o Bahia de Feira, chega na última rodada brigando por uma vaga nas semifinais, encarando a Jacuipense.

 

 

 

Cássio Moreira
Sobre Cássio Moreira 59 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Repórter futebol baiano.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*