Feliz 2017? Não, espera…

Foto: Moyses Souzart/ECV.

Todos nós um dia já tivemos aquela estranha sensação dos dias estarem passando rapidamente, ou a de que estamos vivendo algo que já passamos antes. Mas seria o Esporte Clube Vitória o clube que mais vive “déjà vu(s)” neste nosso país? A incrível capacidade de repetir situações onde todos já gritaram várias vezes que seria a última continua a assombrar o Barradão. E é pensando nisso que vim desejar um “Feliz 2017” ao Leão da Barra.

Para todo tipo de problema, é sempre necessário e aconselhado aprender com os erros antigos, seja de quem já viveu, ou seja de quem muito viu acontecer. Durante a semana, vimos o que pode ser a RAÍZ de muitos dos problemas existentes dentro do futebol se manifestar abertamente de maneira ousada, defendendo o responsável por regar e ajudar o desenvolvimento dessas situações ruins. Portanto, resta questionar: Até quando permitir o crescimento desse problema?

O grande ponto está na experiência que qualquer um dentro do Esporte Clube Vitória deveria ter, em saber que esse tipo de situação JÁ EXISTIU e acabar com ela antes do pior. Um grupo fechado é realmente importante, mas o “fechamento” vai até onde? Fecha com todos lá dentro? E por fim, é longe o suficiente para se posicionar como se fosse algo maior que um empregado do clube?

Estão esquecendo que o maior FECHAMENTO deve ser com a torcida e o Clube, portanto, afastar qualquer tentativa de tumultuar o que já anda caminhando a beira do precipício é essencial para que tudo comece a ficar tudo bem, para que enfim, deixemos de uma vez por todas a sensação de ver tudo o que já vimos e clamar por falsos salvadores, que continuam por aí sorrindo com tudo de ruim, a espera da melhor oportunidade para manter o ciclo de “déjà vu(s)” dentro do ambiente Rubro Negro.

Por fim, é importante observar que, por mais que ainda não percebam, o ano de 2018 ainda está pronto para ser salvo e o trabalho que foi muito apoiado, ser enfim reconhecido por todos, para que assim, todos os fantasmas que assombram o real fechamento possam partir de maneira definitiva.

 

 

Caio Barauna
Sobre Caio Barauna 101 Artigos
Estudante de Direito (Estácio). Repórter Esporte Clube Vitória.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*