Foto: EC Bahia.

@Resenhanarede

A empresa especializada em serviços de auditoria, consultoria e planejamento estratégico, Ernst & Young, apresentou um relatório em relação aos balanços financeiros dos 20 clubes mais bem posicionados no ranking da CBF que já apresentaram os números referentes a temporada 2019. De acordo com o documento, o Bahia apresenta um negativo de R$224 milhões, o maior em relação aos clubes nordestinos. Parte desse passivo está atrelado ao parcelamento junto ao Profut.

A situação do Tricolor melhora no quesito captação de receitas. No ano passado, o Bahia arrecadou entre direitos direitos de transmissão, transferências de jogadores, patrocínios, “matchday”, quadro social e esportes amadores, um total de R$ 189 milhões. O

O estudo ainda listou outros três clubes do Nordeste: o Ceará possui a menor dívida entre os 20 clubes analisados, com R$ 14 milhões e sem dívidas trabalhistas, seguido pelo Fortaleza, com R$ 25 milhões. O Tricolor do Pici apresentou um faturamento de R$ 115 milhões, o segundo maior do Nordeste, abaixo apenas dos R$ 189 milhões do Bahia. O Sport aparece em uma situação complicada, R$178 milhões em dívidas e R$39 milhões em faturamento.

Os 20 clubes mais endividados Brasil

1º) Botafogo: 819 milhões
2º) Cruzeiro: 799 milhões
3º) Internacional: 794 milhões
4º) Corinthians: 765 milhões
5º) Atlético: 656 milhões
6º) Fluminense: 642 milhões
7º) Vasco: 639 milhões
8º) Flamengo: 505 milhões
9º) São Paulo: 503 milhões
10º) Palmeiras: 501 milhões
11º) Santos: 440 milhões
12º) Grêmio: 410 milhões
13º) Athlético: 279 milhões
14º) Bahia: 224 milhões
15º) Sport: 178 milhões
16º) América: 82 milhões
17º) Goiás: 50 milhões
18º) Atlético-GO: 28 milhões
19º) Fortaleza: 25 milhões
20º) Ceará: 14 milhões

O ranking de receita total em 2019 

1º) R$ 950 milhões: Flamengo
2º) R$ 642 milhões: almeiras
3º) R$ 459 milhões: Grêmio
4º) R$ 441 milhões: Internacional
5º) R$ 426 milhões: Corinthians
6º) R$ 400 milhões: Santos
7º) R$ 390 milhões: Athletico-PR
8º) R$ 384 milhões: São Paulo
9º) R$ 354 milhões: Atlético-MG
10º) R$ 289 milhões: Cruzeiro
11º) R$ 265 milhões: Fluminense
12º) R$ 215 milhões: Vasco
13º) R$ 191 milhões: Botafogo
14º) R$ 189 milhões: Bahia
15º) R$ 115 milhões: Fortaleza
16º) R$ 99 milhões: Goiás
17º) R$ 98 milhões: Ceará
18º) R$ 39 milhões: Sport
19º) R$ 32 milhões: América-MG
20º) R$ 19 milhões: Atlético-GO

 

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui