Entrevista: Herói do título Baiano em 2011, o goleiro Jair tem a chance de repetir o feito pelo Bahia de Feira

Foto: Felipe Oliveira.

O futebol é feito de surpresas e histórias marcantes. Em 2011, o Campeonato Baiano foi marcado pela superação do Bahia de Feira, quando conquistou o título baiano em cima do Vitória. Dentre os heróis daquela conquista estava o goleiro Jair, 39 anos, que mais uma vez defende a meta do Tremendão e terá novamente um grande clube como adversário.

O arqueiro conversou com o Resenha na Rede sobre o novo momento histórico que vive na carreira e falou sobre a ansiedade vivida por ele e os companheiros.

“A sensação é boa, lembrar das coisas boas que aconteceram na vida. Sempre tem que está pensando em coisas positivas,  fico lembrando com os companheiros. Dá aquele friozinho na barriga, porque você está jogando uma final de campeonato contra um clube grande que é o Bahia. É um sonho realizado para os atletas, que esperam um momento como esse: jogar uma final contra uma equipe montada para jogar o Campeonato Brasileiro. O jogador fica sonhando em fazer o melhor, para depois do campeonato conseguir um bom contrato. A gente está tranquilo, pelo trabalho que está sendo realizado e ansioso por estar em mais uma final”, disse Jair.

Foto: Felipe Oliveira.

O Bahia de Feira tenta repetir o feito de 2011 quando foi campeão baiano pela primeira vez. Coincidentemente, naquela oportunidade, o primeiro jogo deu empate no Joia da Princesa. Mas na decisão, em Salvador, o Tremendão bateu o Leão, em pleno Barradão, por 2 a 1.

“Coincidência porque também empatamos no primeiro jogo, mas a fórmula do campeonato é diferente. Agora dois empates levam para pênaltis, então creio que o jogo vai ser muito aberto em Salvador e vamos fazer uma grande partida. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe grande, que tem vários títulos Baiano e vamos buscar fazer o nosso melhor. Vamos buscar fazer um jogo leal e que vença o melhor. Se formos merecedor de ser campeão, amém. Que se repita a história de 2011”, analisou Jair.

O goleiro Jair faz questão de destacar que não existe diferenças entre o grupo de 2011 e o atual. Além de de destacar a estrutura proporcionada pela direção do Bahia de Feira.

“Não tem diferença em relação a 2011, a equipe tem o mesmo espírito daquela. Jogadores com vontade de crescer e vencer, fome de ser campeão e fazer grandes jogos para se destacar no futebol brasileiro. Temos um grupo pequeno, mas de jogadores guerreiros, que querem entrar na história do clube para ficar marcado, afinal não é toda hora que a gente vê uma equipe do interior disputando a final do campeonato. Que nos próximos anos outras equipes do interior possam chegar na final do Campeonato Baiano, pois os clubes estão procurando se estruturar e não é a toa que o Bahia de Feira está se fortalecendo. Aqui temos uma estrutura com campo de treinamento, próprio estádio e isso obriga as outras equipes a irem pelo mesmo caminho. Estamos colhendo os frutos do que foi plantado em setembro e que se repita aquilo que aconteceu em 2011”, falou o arqueiro.

Bahia e Bahia de Feira se enfrentam no próximo domingo (21), às 16, na Arena Fonte Nova. Na primeira partida as equipes empataram no Joia da Princesa e um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 1320 Artigos
Editor, colunista e repórter. Produtor do programa Os Donos da Bola (TV Band). Advogado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*