Mauricia da Matta/EC Vitória

A pausa da Copa do Mundo foi essencial para o Vitória se reorganizar. O time fez duas contratações e está recuperando alguns jogadores que estavam vetados pelo Departamento Médico. Nesse mesmo período o Rubro-negro aproveita para entrosar as peças que ficaram no elenco com os recém-chegados além de oferecer uma melhor condição física ao time. Por fim, descansar: o Vitória foi um dos times que mais jogou, dentre os clube da Série A, no primeiro semestre. Foram 41 partidas entre Campeonato Baiano, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Brasileirão. Só ficou atrás do Ceará: o Vozão disputou 44 jogos nesse período.

Na 16ª posição do Campeonato Brasileiro e somando 12 pontos, o Vitória precisa deixar o sinal de alerta ligado. O primeiro time dentro da zona de rebaixamento é o Bahia, com o mesmo número de pontos do time de Vagner Mancini, perdendo no número de gols marcados. A reestreia do Vitória é dentro de casa, no dia 18 de Julho, contra o Paraná. Jogo de seis pontos? Não para o goleiro Elias.

– A gente nem fala em zona de rebaixamento aqui, cara. Aqui a gente está falando de Sul-Americana, almejando até uma Libertadores. Esse grupo tem muita qualidade. Os jogadores que estão vindo estão somando e a gente está fechado para fazer uma baita competição e chegar na primeira parte da tabela. – comentou o arqueiro.

Foto: Mauricia da Matta/EC Vitória

O Vitória tem o sexto melhor ataque do Brasileiro. Marcou 16 gols em 12 partidas. Os números representam uma média superior a dois gols marcados a cada jogo. O grande problema do time está lá atrás já que a defesa é a pior do campeonato e sofreu 23 gols. Praticamente dois gols sofridos a cada partida disputada.

– Agora nos primeiros dias a gente está trabalhando bastante a condição física. Mas claro que gente vai trabalhar todos os aspectos. Defensivo, ataque, enfim, diversas jogadas que a gente vem fazendo. Mas claro que é um fator que tem que ser trabalhado sim. – completou Elias.

 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui