Foto: reprodução / Site Palmeiras
parceiro oficial

Na primeira temporada do Turbilhão Feminino no Futebol foi criado o quadro de entrevistas chamado Sócia Atleta. O quadro que visa dar espaço para as atletas contarem suas histórias, e divulgarem seus lances no dia a dia dos treinos e jogos, já publicou cinco histórias do Palmeiras.

Foram destaques, até aqui, Vivi Holzel, Ottilia Grassetti, Karen Xavier, Bianca Gomes e Thaís Ferreira. Zagueira artilheira, Thaís é natural de Campinas (SP) e juntamente com a atacante Bianca e a goleira Vivi, integrou o elenco que conquistou o acesso e o título da Copa Paulista.

Foto: Divulgação SE Palmeiras

Além de falar da trajetória, a atleta falou da importância do título: “Foi maravilhoso demais, sensação única e gratificante poder conquistar um título inédito no futebol feminino e na nova era do Palmeiras”. (Thaís)

Quando o tema é desafio da modalidade, a atacante palmeirense registra: “levo o futebol com muita leveza, sempre foi assim. Mas, meu maior desafio é viver no limite o tempo todo.” (Bianca)

Atuar no futebol feminino não é fácil e apesar da melhora o caminho é longo e ainda há muito o que melhorar.

“precisamos de muito mais a cada dia. Mais estruturas, visibilidade e mais aceitação e respeito, de que podemos sim jogar futebol e um bom futebol.” (Bianca)

Foto: Priscila Pedroso

Para a nova arqueira palmeirense, Karen Xavier, a temporada de 2019 traz ótimas lembranças: “tive momentos especiais com ótimos jogos, cresci como atleta e amadureci muito como pessoa.” (Karen)

A goleira, que é natural da cidade de São Paulo, reconhece o desafio de defender a meta nos gramados.

“É uma posição complexa, exige muita atenção e concentração, temos que nos manter treinando o máximo possível e quando surgir a oportunidade aproveitar, como diz o ditado: “goleiro é o primeiro a chegar e o último a sair”, porque o treinamento é diferenciado” – Karen

Foto Carlos Santana /portal da base Brasil

Uma das primeiras contratações anunciadas para o alviverde paulista, a atacante Ottilia foi destaque no quadro Sócia Atleta quando cedeu entrevista após o jogo contra o Vitória, no Barradão. Além da trajetória profissional, a atleta destacou também momentos marcantes e evolução!

“Quando você conquista títulos é o que pode mais marcar na sua carreira, então todos os títulos que eu conquistei eu guardo muito comigo. Foram momentos muito felizes, pretendo muito e vou dar o meu máximo para fazer isso no Palmeiras” (Otillia)

“Acho que toda atleta evolui, acho que todos os dias a atleta muda um pouco no seu estilo de jogo, até, eu evolui bastante, agradeço a todos os treinadores que passaram na minha vida, todas as minhas companheiras, que me fazem evoluir todos os dias.” – (Otillia)

Foto: Rebeca Reis / @rebecareisfoto

Para fechar com chave de ouro, a goleira Vivi Holzel relembrou sua trajetória no futebol internacional, início de carreira, e claro, desafios da profissão. Desafios que você, sendo atleta ou não, pode se identificar.

“É um desafio também ter que mostrar que mesmo tendo uma estatura que as pessoas não consideram como alta, há um preconceito muito grande com as goleiras. Hoje tem mudado, mas sempre ouve. É você provar sua qualidade, seu valor, mesmo nos jogos que a bola não chega ou chega uma vez ou outra e estar preparada, acho que meu maior desafio é este.” (Vivi)

 

Edição:
Fernanda Barros – @turbilhaofeminino
João Lucas – @palmeiras_vinhedo 
Patrícia Maria – @femininopalmeiras

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui