Foto: Isadora Neumann/ Agência RBS

Estamos iniciando a oitava semana da “Edição Especial” no Turbilhão Feminino e o Inter, mais um gigante com projeto sério no futebol feminino, é o tema da vez. Com uma diretriz de trabalho extremamente profissional, a equipe colorada começa a colher frutos nas categorias de base, fato que iremos apurar mais a fundo durante a semana, enquanto o time principal vem se fortalecendo no cenário nacional. Regionalmente, as meninas do Internacional são as atuais campeãs estaduais.

Após terminar a primeira fase na liderança isolada e sobrando diante das demais rivais, chegando a aplicar uma goleada de 25×0 na equipe do João Emílio, o time da capital gaúcha classificou-se para final em nova goleada sobre o Oriente em jogo único (7×0). A grande final (também em jogo único) seria contra o Grêmio, única equipe a tirar os 100% de aproveitamento das Gurias Coloradas, visto que apesar da goleada por 4×0 no primeiro turno da fase inicial, houve empate em 0x0 na partida do returno.

Apesar de um leve favoritismo pesando para o lado Colorado, o Grêmio estava disposto a estragar a campanha irretocável da equipe vermelha devolvendo a única derrota sofrida durante toda a competição justamente na partida que valia o título gaúcho. Porém, o Inter não deu a menor chance e logo aos 8′ da grande decisão, Fabi Simões recebeu excelente passe e, na saída da goleira tricolor, bateu com calma para tirar o zero do placar, 1 a 0. Logo em seguida, aos 11′, em bela enfiada de bola pela esquerda, Fabi Simões entrou livre para marcar novamente. Contudo, com a partida e o campeonato aparentemente definido muito cedo, em chute de longe e um tanto quanto despretensioso, o Grêmio diminuiu com Pri Back. Aos 48′, de cabeça, após grande lançamento na área, Juliana empatou colocando fogo no jogo.

Passado o susto da etapa inicial, as Gurias Coloradas assumiram novamente o controle do jogo, mas sem conseguir traduzir em gols. Até que aos 36′, em falha de marcação da defesa do Grêmio, Jheniffer recebeu sozinha, praticamente na linha da pequena área, e marcou, batendo de primeira, o terceiro. No finzinho da partida, coroando sua grande atuação, Naná recebeu cruzamento de Jheniffer e deu números finais, culminando com mais uma conquista pra galeria do Internacional.

Embora o Grenal tenha sido recheado de emoção e tenha gerado momentos de incerteza dos dois lados, o triunfo do time colorado fez jus a sua excelente campanha. Do início ao fim, a performance da equipe foi a mais eficiente e proporcionou um encerramento da temporada 2019 da melhor forma possível. Em 2020, pelo brasileiro que permanece paralisado, o Inter está na oitava posição e segue sem perder com 2 vitórias e 2 empates, sendo uma das equipes que disputou um jogo a menos.

Edição: André Chagas – @turbilhaofeminino

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui