Foto: Mariana Capra/Internacional

Dando prosseguimento ao especial da semana dedicado ao Internacional, daremos uma atenção especial ao trabalho de ponta do clube gaúcho que, desde já, começa a render frutos. Atuais campeãs brasileiras na categoria SUB-18, as Gurias Coloradas são referência nas categorias de base. Além do belo elenco montado no time principal para 2020, já é possível prever um futuro longevo na modalidade feminina diante de um contexto que valoriza a formação das jogadoras. No clube, diferente de muitos, existem as categorias SUB-18, SUB-16 e SUB-14.

Visando uma geração futura de futebol feminino oriunda da base, o Inter oferece estrutura de treinamento de ponta para as atletas e em meio a pandemia segue uma rotina diária de trabalhos por videoconferência. As atividades são enviadas sob supervisão da comissão técnica. Esse tipo de comprometimento, contribui efetivamente para um quadro organizacional do futebol brasileiro alinhado com o que se vê nos países onde o nível técnico, físico e tático são considerados superiores, proporcionando possíveis conquistas inéditas dentro das quatro linhas.

O grande apoio do clube ao departamento de futebol feminino e a conjuntura de crescimento do esporte na sua totalidade, tem gerado uma grande repercussão junto ao torcedor criando um interesse maior pelo espetáculo e ampliando a sua cobertura, o que obriga um trabalho efetivamente sério por parte dos profissionais envolvidos. Evoluindo cada vez mais nesse sentido, em 2019, a equipe colorada sagrou-se campeã estadual nas três categorias, conquistando a etapa brasileira da Liga de Desenvolvimento da Conmebol com o time sub-16, credenciando o clube a disputar e vencer a Libertadores da categoria no Paraguai. Além de tudo isso, as Gurias Coloradas foram as detentoras do título nacional no sub-18.

Sediando seus jogos, costumeiramente, no estádio localizado no Sesc Campestre, o Inter chegou a decisão do Brasileiro tendo como adversário a grande equipe do São Paulo. Com vitória por 1×0 em casa e empate (1×1) no Pacaembu, as gaúchas levantaram o caneco. Perante essa enorme quantidade de conquistas nas categorias de base atreladas ao projeto que visa dar o suporte necessário para a manutenção no que tange a formação das atletas, fica difícil presumir algo diferente de um futuro glorioso.

Edição: André Chagas – @turbilhaofeminino

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui