Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA
parceiro oficial

Seguindo a “Edição Especial: Ferroviária”, vamos recordar o começo avassalador das Guerreiras Grenás na temporada atual. Diferentemente do início conturbado de 2019, e que terminou com o título nacional, a inapelável equipe de Araraquara começou voando baixo em 2020. Até a paralisação do campeonato o cenário era promissor, visto que foram exatamente quatro vitórias nas quatro rodadas que disputou pelo Campeonato Brasileiro.

Em sua bela casa, Arena Fonte Luminosa, a equipe da Técnica Tatiele Silveira recebeu o Audax-SP e sem tomar conhecimento, aplicou, logo na estreia, sua primeira goleada na competição, 4×0, gols de Chú aos 10′ (1°T), Sâmia aos 17′ (2°T), Rafaela aos 24′ (2°T) e Luana, já nos acréscimos da etapa final (48′). O time apresentou um futebol vistoso, não sofreu riscos e soube conduzir bem o jogo construindo o placar com tranquilidade.

Na 2ª rodada, fora de casa, a Ferrinha visitou a boa equipe do Minas Brasília, no Estádio Bezerrão, que após segurar o empate na primeira etapa, não resistiu ao poder de fogo da Ferroviária. Iniciado o segundo tempo, logo aos 4 minutos, num lance de rara beleza, a atacante Sochor, chutando de fora da área, abriu o placar para a equipe grená. Aos 15′, em rápido contra-ataque, Sâmia entrou na área, livre de marcação, e acertou uma bomba indefensável, ampliando para 2×0. Porém, 3 minutos depois o Minas descontou cobrando pênalti. A atacante Luiza Farinon bateu no canto direito e deslocou a goleira Luciana descontando o marcador para as brasilienses e dando números finais ao jogo.

Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

Diante do Palmeiras, novamente como visitantes, veio a segunda goleada na competição. Em mais uma tarde inspirada a equipe de Araraquara passou por cima aplicando sua segunda goleada (4×1). Logo aos 12 minutos da primeira etapa, Sâmia invadiu a área para fazer o primeiro. O segundo foi uma pintura: de cobertura (aos 14′) Sochor marcou o segundo. O verdão conseguiu diminuir com Carla Nunes e teve a chance do empate com Ottilia que desperdiçou grande chance. Mas aos 33′, outra vez, Sochor (3×1). Maglia, aos 16′(2°T), de cabeça, fechou o placar.

A locomotiva endiabrada encerrou a sua participação até a paralisação de forma acachapante. Nova goleada, dessa vez sobre a Ponte Preta (7×1) dentro de casa, sendo até aqui o grande bicho-papão do Brasileirão. A Ferroviária segue líder mesmo sendo uma das poucas equipes que não disputaram a 5ª rodada. O jogo que marcaria o novo embate entre Ferroviária x Corinthians era muito aguardado, sendo visto por muitos como a grande atração do Campeonato Brasileiro até aqui.

Edição: André Chagas / Fernanda Barros – @turbilhaofeminino 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui