Foto: Renato Antunes | Maxx Sports Brasil

Finalizando a semana dedicada ao São José, vamos abordar, resumidamente, o que aconteceu com a Águia do Vale em 2019 e nesse princípio de 2020. Apesar do pioneirismo no esporte, a equipe que atualmente ocupa a 5ª posição no ranking da CBF, passou a ter uma concorrência mais pesada por conta do crescimento do esporte, o que é ótimo. Equipes “de camisa” no futebol masculino passaram a fazer parte do cenário, dada a obrigatoriedade implementada pela Conmebol, e a modalidade feminina está cada vez mais competitiva. Contudo, o clube paulista prossegue sendo um dos protagonistas, com grande prestígio e respeito por parte das rivais.

Na temporada passada a equipe do São José terminou entre as oito classificadas para a segunda fase do Brasileiro, confirmando sua tradição no futebol feminino. Porém, o adversário nas quartas de final foi a fortíssima equipe do Corinthians, líder da fase inicial e vista, até então, como um das grandes favoritas ao título. Com duas derrotas para o time da capital o São José deu adeus a competição ficando com a 8ª posição.

Já no Campeonato Paulista, a equipe do São José começou bem. Após se classificarem para a segunda fase na 3ª posição do seu grupo, a segunda fase foi duríssima. Caindo em uma chave com Santos, São Paulo e Palmeiras; a equipe de São José dos Campos encontrou dificuldades e acabou eliminada, ficando de fora das semifinais.

Em 2020, diante de apenas cinco rodadas disputadas, o time do interior de São Paulo conquistou duas vitórias, contra Vitória (BA) e Iranduba (AM). Com três derrotas nas demais partidas jogadas, o sinal de alerta está ligado. Entretanto, tempo e experiência para a recuperação do time é o que não falta.

Edição: André Chagas / Fernanda Barros – @turbilhaofeminino 

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui