Foto: Acervo Pessoal - Camila Silva

Natural de Campinas (SP), Camila Silva atualmente defende as cores do Avaí Kindermann. A zagueira de 19 anos, que acumula convocações pela Seleção Brasileira agora é destaque no quadro Sócia Atleta. Confira!

Turbilhão Feminino – Como começou a paixão pelo futebol
Camila Silva – Começou por causa de uma mulher que mora na casa em frente a minha, o nome dela é Aline. Jogávamos juntas na rua, depois fomos jogar em uma escolinha de futebol aqui do bairro – em horários diferentes porque eu estudava a tarde e ela de manhã – e a partir disso peguei gosto pelo esporte, e isso só foi aumentando quando fui jogar em Valinhos, num time feminino, que inclusive era treinado por uma mulher, a Ana Lúcia Gonçalves.

TFF – Trajetória até chegar ao Avaí Kindermann
CS – Fui chamada para jogar em Valinhos quando tinha 12 anos, com esse mesmo grupo disputamos o Paulista em 2016 pelo Guarani, nos dois anos seguintes (2017 e 2018), com o mesmo grupo, disputamos Paulista e Brasileiro pela Ponte Preta, e ano passado (2019) fomos para o Palmeiras e disputamos Paulista e Brasileiro A2, agora estou no Avaí/Kindermann.

TFF – Momentos marcantes
CS – Dois momentos muito marcantes de quando eu jogava na Ponte Preta foi no Paulista de 2017 onde nos classificamos para a Semifinal, deixando para trás equipes como Audax e Ferroviária. E no Brasileiro de 2018 onde chegamos nas Quartas de final.

TFF – Balanço da temporada 2019
CS – Foi uma temporada que começou muito bem, estávamos numa ótima campanha no Brasileiro A2 e estávamos regulares no Paulista. Até que houve a troca da comissão técnica, e perdemos na semifinal do Brasileiro A2 para o São Paulo. E não passamos para a semifinal do Paulista. Após isso fui convocada juntamente com a Juliana para a seleção sub 20. E o Palmeiras ganhou a Copa Paulista, mas eu não pude estar dentro de campo nessa ocasião.

TFF – Seleção Brasileira
CS – Em setembro, de 2019 começaram oficialmente as convocações da seleção Sub-20 com a nova comissão. Estive na lista de todas as convocações, até a última que foi a do Sul Americano (antes da quarentena) no qual ganhamos os 4 jogos que tivemos. Fomos campeãs, da Liga Sul Americana, em janeiro desse ano também.

TFF – Ídolos no esporte
CS – Para ser sincera, não tenho um ídolo, mas gosto do futebol de algumas pessoas pontuais, como a Érika, a Rafaelle e o Sérgio Ramos.

TFF – Como tem sido manter o preparo físico durante a parada?
CS – O Luiz, preparador físico do Avaí/Kindermann e da Seleção sub 20 tem passado treino para o grupo todo e estamos adaptando com o espaço que temos. Claro que não é a mesma coisa da rotina normal, no campo, na academia, mas dá para se aproximar bem do que fazíamos.

Edição: Fidel Costa / Mylla Cecília – @turbilhaofeminino 
Assessoria: WP Assessoria / @wp_assessoria 
Gestão: MS Soccer / @ms.socceroficial

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui