Contra o Athlético, Bahia busca o triunfo para se manter no G-6

Foto : Felipe Oliveira/ECBahia

Diante de sua torcida na Fonte Nova, o Bahia enfrenta neste sábado (05) a equipe do Athlético Paranaense ás 19h, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O objetivo é buscar o triunfo para se manter no G-6 e se aproximar cada vez mais de uma vaga na Copa Libertadores da América 2020.

Até aqui são doze jogos sem ser vazado e com dois triunfos seguidos, a boa fase do Esquadrão é animadora. Mesmo assim, não pode vacilar e ser envolvido pela empolgação do torcedor. É dessa forma que o meia Guerra falou em entrevista. O venezuelano deve continuar como titular no time tricolor.

“A equipe conseguiu entrar no G-6 e o compromisso é maior ainda. Vamos enfrentar uma equipe que foi campeã da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Vamos jogar em casa e temos que manter nosso ritmo. É um compromisso maior de manter e olhar para cima”, disse.

O volante Gregore tem algo para comemorar esta noite. Ele chega a marca de 100 jogos pelo clube.O “Pit-bull” está confiante em ver a Fonte Nova lotada outra vez.

“A Fonte Nova fica lotada a maioria dos jogos. É a confiança do torcedor na equipe, no clube, vendo o clube numa crescente. A gente dando resultado em campo a torcida vai adotar o estádio, como sempre fez”, declarou.

O técnico Roger Machado deve repetir a mesma equipe que venceu o Avaí na rodada anterior. Pois ele não tem desfalques por suspensão ou ordem médica. Fora da partida estão o zagueiro Ernando e o volante Elton que se recuperam de cirurgia.

 

ATHLETICO PARANANENSE

O rubro-negro paranaense conquistou o título da Copa do Brasil na atual temporada e dessa forma tem vaga assegurada na próxima edição da Copa Libertadores. Porém, o Furacão não vem pra Salvador a fim de facilitar as coisas pro Bahia. Pois, a equipe de Tiago Nunes vem de um empate para a Chapecoense dentro de casas e quer voltar para Curitiba com os três pontos.

Provável titular esta noite, o lateral-direito Madson ex-Bahia, comemora o fato de ter sequência no Athlético.

“Fico feliz de ter uma sequência de jogo. Entendi a metodologia de jogo do Athletico, é diferente da escola do Grêmio. É um jogo de muita transição, de vigor físico, que o jogador tenha muita intensidade. Já peguei esse conceito. É uma característica minha que acabei perdendo um pouco e consegui recuperar”, declarou.

O técnico Tiago Nunes não vai poder contar com o atacante Marco Rúben que foi liberado por conta do falecimento de seu pai. Por ordem médica estão fora Pedro Henrique, Robson Bambu e Lucas Halter. Por outro Thiago Heleno e Léo Pereira retornam e compõe o setor defensivo.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Athletico-PR
Campeonato Brasileiro – 23ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 05/10/2019 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP)
Auxiliares: Neuza Ines Back e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)
VAR: José Claudio Rocha Filho, com auxílio de Adriano de Assis Miranda e Alex Ang Ribeiro (todos de SP)

 

 

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Guerra; Artur, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

 

Athletico-PR: Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini, Nikão, Rony e Marcelo Cirino. Técnico: Tiago Nunes.

 

 

Colaborador: Lucas Cezar

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*