Com emoção ou sem? Copa Bahia de Fut 7 é decidida no shoot out

Foto: Emilly Giffone/Resenha na Rede.

@Resenhanarede

O futebol é apaixonante em todas as suas vertentes, prova dessa máxima foi verificada na final da Copa Bahia de Fut 7, organizada pela Federação Baiana de Fut 7. O Real Brasil entrou na decisão como favorito, afinal enfrentava o Baile FC em sua primeira disputa de Copa no futebol de 7. Mas a lógica nesse esporte não existe e o Baile FC saiu como o grande campeão da noite, na Arena Imbuí, em Salvador (BA).

SONOLENTA OU ESTUDADA?

Os primeiros 25 minutos da partida foram amarrados, as duas equipes se respeitavam demais em campo e os goleiros Marcelo (Real Brasil) e Fernando (Baile FC) estavam em noite de milagres. A partida teve um primeiro tempo equilibrado, com apenas uma chance para cada lado nos dez minutos iniciais.

TAVA NA BRUXA

No fim do primeiro tempo, em um ataque para o Baile F.C, Maílson foi para disputa de bola próximo da linha de fundo e no bate-rebate a bola saiu. O árbitro, Josué marcou apenas o tiro de meta e foi a deixa para “despertar o leão” que tinha dentro de Maílson. O jogador partiu para cima da arbitragem, com palavras nada carinhosas e ganhou como prêmio o cartão amarelo.

EU QUERO VER GOL!

Ânimos menos exaltados, começou o futebol arte na Arena Imbuí. Logo aos quatro minutos saiu o primeiro gol do Baile F.C. Quatro minutos depois, Chorinho mandou um belo chute e a bola explodiu no travessão. Mas aos 10, a equipe do Baile ampliou o placar com o gol do camisa 10.

A torcida já dava como certa a vitória do Baile. Mas, aos 18 o Real Brasil partiu para o tudo ou nada e colocou Baco, o homem que noivou na Arena Imbuí, como goleiro linha. A mudança deu resultado e aos 21 o Real Brasil diminuiu o placar, 2 a 1.

Baco atuou como goleiro Linha por alguns minutos. Foto: Emily Giffone/Resenha na Rede.

Josué deu três minutos de acréscimo, por sorte Maílson não estava em campo, pois o Real Brasil empatou no último minuto e levou a decisão para o shoot Out.

Na disputa da corridinha com a bola dominada para o gol, ou seja, do shoot out, melhor para o Baile F.C. O time estreou com o pé direito em sua primeira disputa de Copa e levou o título da competição.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 1079 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*