Com direito a dancinha, Bahia atropela Vitória no primeiro BaVi da Série A

Foto: João Salvador

O Bahia recebeu o Vitória na Arena Fonte Nova, na tarde deste domingo (22) e após fazer um grande primeiro tempo conseguiu os três pontos após aplicar 4 a 1 no arquirrival . Destaque para o meia Zé Rafael, que fez uma bela partida na tarde de hoje.

Com os três pontos, o Bahia chegou aos 16 e deixou a incômoda zona de rebaixamento. O Esquadrão agora ocupa a 13ª colocação na tabela de classificação do certame nacional. Já o Vitória, caiu para a 14ª posição ao estacionar nos 15 pontos.

PRIMEIRO TEMPO

Com 15 segundos Tiago bobeou e perdeu a bola para Neilton, o atacante rolou para Walter Bow que chutou  em cima do goleiro Anderon.

Com dois minutos o árbitro amarelou Zé Rafael e Jefferson, após os trocarem empurrões. 

Impedido! Aos sete minutos Edigar Junio foi lançado, ganhou na corrida para Aderllan, mas o bandeira já tinha assinalado o impedimento.

Aos 11 o Bahia quase chega ao gol, em cobrança de falta ensaiada Vinicius bateu firme e o goleiro Elias defendeu no susto. Logo depois Vinicius perdeu grande oportunidade, chutando por cima do gol. 

A pressão era total do Bahia e o Vitória não suportou. Zé Rafael pegou um lindo chute de fora da área e venceu o goleiro Elias aos 15 minutos. Lindo gol.

O Vitória teve boa oportunidade aos 17 minutos, Neilton cobrou falta e Aderllan subiu sozinho, mas mandou para fora.

Pênalti. Filipe Soutto deixou a perna e derrubou Zé Rafael. Vinícius foi para cobrança, o goleiro Elias pegou, mas no rebote o meia marcou o segundo do Bahia, com direita a dancinha!

Zé Rafael mandava no primeiro tempo e acertou um belo chute de fora da área aos 29, mas a bola foi caprichosamente para fora.

Provocação! Enquanto Mancini passava orientação para os jogadores, Vinícius se aproximou e os atletas do Vitória partiram para cima. A turma do deixa disso acalmou a situação.

O Vitória conseguiu chegar aos 32, em cobrança de escanteio a bola sobrou para Kanu, que tentou dar um leve toque. O goleiro Anderson fez a defesa.

SEGUNDO TEMPO

Salvou! Aos 4 minutos a bola sobrou para Filipe Soutto na entrada da área. O volante chutou forte, e Anderson defendeu com as pontas dos dedos.

O Vitória voltou para o campo mais ofensivo e tentando dominar as ações. Bahia não se achava no inicio da segunda etapa.

Aos 17, Vinicius testou o goleiro Elias. Vinícius bate rasteiro da entrada da área, e Elias salvou o Vitória.

O Bahia voltou a crescer e fez o terceiro. Após cobrança de falta, a zaga do Vitória afastou, Gregore ajeitou de cabeça, e Tiago mandou no cantinho do gol de Elias para ampliar o placar na Fonte Nova.

Virou goleada! Aos 21, Gilberto anotou o dele. O atacante aproveitou cruzamento de Zé Rafael e mandou para o fundo das redes. 

O Vitória diminuiu aos 27 da segunda etapa. Bryan levanta a bola na área, e Lucas desvia de cabeça para fazer o primeiro gol do Leão no jogo.

Um no ferro e outra na ferradura. Aos 29, Bryan dá dura entrada em Edson, recebe o segundo cartão amarelo e é expulso.

Aos 38, Mancini deu chilique por o lateral Bruno dominou a bola com categoria e foi expulso pelo árbitro.

Na cobrança da falta, a bola é levantada na área, e Kanu, sozinho, dentro da pequena área, mandou por cima do gol. Perdeu uma chance no final do jogo.

No final do jogo o Bahia por pouco não ampliou. Marco antônio recebe longo lançamento e bate forte dentro da área. Zaga do Vitória afasta o perigo.

Ficha Técnica

Bahia 4 x 1 Vitória
Campeonato Brasileiro – 14ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 22/07/2018 (domingo)
Horário: 16h00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ-FIFA)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
Adicionais: Daniel Victor Costa Silva e Alexandre Vargas Tavares de Jesus (ambos do RJ)

Cartões amarelos: Zé Rafael, Lucas Fonseca (Bahia) / Jeferson, Walter Bou, Arouca, Bryan, Luan (Vitória)

Cartão vermelho: Bryan (Vitória)

Gols: Zé Rafael, Vinícius, Tiago, Gilberto (Bahia) / Lucas (Vitória)

Bahia: Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore (Edson), Elton, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Gilberto e Edigar Junio (Marco Antônio). Técnico: Enderson Moreira.

Vitória: Elias; Jeferson (Lucas), Kanu, Aderllan e Bryan; Fillipe Soutto, Arouca e Erick; Luan, Neilton (Willian Farias) e Walter Bou (Yago). Técnico: Vagner Mancini.

Público e renda:

Público total: 24.312
Renda: R$ 453.426,00

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 1010 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Editor, colunista e repórter do Resenha na Rede. Apaixonado pela escrita e pelo Rubro-negro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*