Foto: Galícia/ASCOM.

@Resenhanarede

Presidentes de clubes que disputarão as 2ª divisões estaduais encaminharam uma carta para Confederação Brasileira de Futebol, dentre os objetivos está o pedido que as equipes sejam tratadas de forma igualitária. Os dirigentes alegam que faltou isonomia da entidade, tendo em vista que os clubes das séries C e D do campeonato Brasileiro e os que disputam o futebol feminino receberam auxílio de R$120 mil reais.

O Estado da Bahia foi representado pelas assinaturas do presidente do Galícia, bem como, o presidente do Canaã. No documento, os dirigentes pedem uma ajuda no valor de R$100 mil reais para cada clube, além da dispensa da isenção das taxas de inscrições das equipes nos respectivos torneios.

Vale lembrar que, o Galícia emitiu nota oficial em março desistindo da participação na 2ª divisão do Campeonato Baiano, alegando dificuldades logísticas para a preparação e assistência da equipe profissional e comissão técnica. O Baiano série B conta com cinco equipes confirmadas: Canaã, Jequié, Colo-Colo, Barcelona de Ilhéus e Unirb.

Colaborador: Osvaldo Barreto.

parceiro oficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui