Burse saca Yago para retorno de Erick em coletivo do Vitória

Foto: Maurícia da Matta/ECV.

@ResenhaNaRede

O Vitória segue na preparação para o Ba-Vi do próximo domingo e, em treino realizado na manhã desta quinta-feira (8), o técnico João Burse aprimorou fundamentos técnicos e táticos com o elenco no coletivo. O treinador fez testes na equipe considerada titular. Bem participativo, Burse focou na marcação e parou por diversas vezes a atividade para fazer correções.

Na coletiva de imprensa após o treino, o volante Yago falou sobre o Ba-Vi, as mudanças no comando técnico e no estilo dos treinamentos.

“Quando tem a mudança o ambiente muda, é fato. E com essa mudança tem resgatado o astral da galera, a confiança da rapaziada. Acho que isso conta bastante para uma mudança de ambiente e de comando. Cada um tem o seu perfil. O João dá essa liberdade para que a gente também comente, fale, para todos chegarem num senso e tudo se resolver. Até porque não temos muito tempo de treinamento. Tem que ser mais na base da conversa. E é isso que tem sido feito”, explicou.

Ao ser questionado sobre sua saída da equipe, ao ser substituído por Erick nos treinamentos, Yago foi firme na declaração ao dizer que a disputa pela vaga na equipe titular é sadia.

“É uma disputa boa. Até porque eu sempre falo que tem que pensar não no ‘eu’, tem que pensar no ‘nós’. Então o que for melhor para o João, para o time, tenho certeza que o pouco tempo que ele tem aí ele vai conseguir já encaixar um bom time para a gente para o próximo jogo. Então, a disputa é sadia e tenho certeza que todo mundo quer ajudar, quer jogar, independente de quem vai começar jogando, se vai entrar no segundo tempo. Tenho certeza que o nosso intuito é de ajudar”, completou.

Yago comentou também sobre sua disputa individual com Erick, ao dizer sobre a saudade de voltar a campo novamente com a camisa do Vitória.

“Sempre tive a vontade de estar em campo, independente de comando, sempre trabalho muito forte para estar em campo, jogando, ajudando e tenho certeza que essa vontade tem aumentado porque esses últimos jogos eu fiquei de fora. Entrei no último jogo contra o Paraná, mas a vontade e dedicação está enorme”, finalizou.

No treino técnico desta manhã, Burse reduziu o campo e armou o esquema ataque x defesa, para simular ações ofensivas dentro da área: os jogadores de velocidade trocavam passes pelas pontas, chegavam à linha de fundo e cruzavam rasteiro para a finalização do homem referência.

Já no coletivo, o treinador iniciou a montagem da equipe titular, ele fez uma alteração em relação ao coletivo da última quarta-feira, com Yago sacado para entrada de Erick, em uma formação que lembra muito a do ex-treinador rubro-negro, Paulo Cézar Carpegiani. Confira a formação titular usada nesta quinta:

Time titular: Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Benítez; W. Farias, Arouca, Léo Gomes; Erick, Lucas Fernandes e Léo Ceará.

Time reserva: Lucas, Aderllan, Bruno Bispo e Fabiano; Rodrigo Andrade, F. Soutto, Meli; Yago, Neilton e André Lima.

O clássico Ba-Vi está marcado para o próximo domingo (11), às 16h (De Salvador), no Barradão. O rubr-negro é o 17º colocado com 34 pontos, enquanto o Tricolor é o 11º com 40.

Eduardo Dias
Sobre Eduardo Dias 131 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Colunista e Repórter do interior.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*