Beto Oliveira, o pentacampeão do Intermunicipal

No último domingo (16), o técnico conquistou seu quinto título da maior competição de futebol amador do país

Foto: Prefeitura Municipal de Itamaraju

@resenhanarede

“Respeitar para ser respeitado!”, assim Beto Oliveira definiu sua carreira como técnico que leva a fama de ‘Rei do Intermunicipal’. Humilde, respeitador e um técnico de qualidade que dispensa os comentários, Beto Oliveira acumula títulos no futebol amador da Bahia. O técnico é o atual bicampeão (2017-2018) e, no último domingo (16), conquistou seu quinto título da maior competição de futebol amador do país.

Sob o comando da seleção de Itamaraju, Beto Oliveira levou para casa seu quinto título do Intermunicipal com a conquista de 2018. Beto já havia comandado e levantado o título com a seleção itamarajuense em 2001. Após repetir o feito, ao Resenha na Rede, ele contou um pouco sobre a conquista do título e como lida com a fama de Rei do Intermunicipal.

“A conquista foi difícil, começamos a competição bem, vencendo fora de casa, mas foi depois do jogo que ganhamos de Porto Seguro lá, que passamos a acreditar que a gente tinha condições reais de sermos campeões. Começamos a fazer um trabalho psicológico com os atletas para que eles também acreditassem que podíamos ser campeões. E aconteceu o que aconteceu. Chegamos, mas chegamos com méritos. Eliminamos uma forte candidata que era Santo Amaro e chegamos fortes para a final, apesar de muitos não acreditarem na potencialidade da seleção de Itamaraju. Tínhamos muitos jogadores rodados no Intermunicipal e muitos campeões. Deu no que deu”, contou.

Foto: Prefeitura Municipal de Itamaraju

Beto diz estar aliviado com o trabalho, com a sensação de dever cumprido e aproveita para exaltar o bom desempenho no campeonato feito pela seleção de Itamaraju.

“Estou muito feliz pela conquista, não só pelo pentacampeonato do Beto Oliveira, mas pelo Tri de Itamaraju, pelo povo de Itamaraju que há muito tempo vinha sonhando com essa conquista. Nós fizemos um grande campeonato, sabíamos que tínhamos chances de chegar à final e ser campeões. Chegamos com força. Perdemos o primeiro jogo, por um erro da arbitragem, mas no jogo da volta, em casa, sabíamos que teria o apoio do torcedor, entramos com confiança e vencemos por 1 a 0 e fomos para as penalidades com a confiança ainda maior. Temos de agradecer a todos que fizeram parte dessa conquista, atletas, torcedor, presidente e comissão técnica, que estava ali no dia a dia e fizeram por merecer essa conquista”, completou.

O técnico aproveitou para falar o que acha do “pentacampeão Beto Oliveira”, e cobrou mais visibilidade para os técnicos do Intemunicipal que, segundo ele, são de muita qualidade e merecem mais respeito dos times profissionais da Bahia.

“Beto Oliveira é mais um entre os outros que têm qualidade, têm potencial no Intemunicipal. Não só o Beto Oliveira, mas muitos treinadores dessa competição deveriam ser um pouco mais vistos, um pouco mais respeitados, principalmente pelos times profissionais da Bahia. Eu sou um trabalhador, busco sempre ganhar, conquistas, títulos, mas para ser chamado de Rei ainda falta mais alguns para isso”, explicou.

Foto: Prefeitura Municipal de Itamaraju

Por fim, ele contou sobre os planos para a próxima temporada e revelou que está em negociações com clubes profissionais para o próximo ano.

“2018 está finalizando e graças a Deus com um título. Trabalhei no primeiro semestre na segunda divisão do baiano com o Conquista FC, agora estou tendo algumas conversas, conversando com alguns times profissionais, talvez comece a trabalhar na segunda divisão novamente no ano que vem. Esse é o pensamento. Se acertarmos com certeza vocês ficarão sabendo em breve. Agora é comemorar e descansar, porque em janeiro é voltar a trabalhar novamente com fé em Deus”, finalizou.

Eduardo Dias
Sobre Eduardo Dias 319 Artigos
Editor, colunista e repórter. Acompanha as equipes de futebol do interior da Bahia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*