Bahia tropeça e Coxa mantém tabu

Foto: Felipe Oliveira

O Bahia saiu na frente e deu motivo para o torcedor acreditar que o tabu de três anos sem ganhar do Coritiba  cairia por terra, mas  o tricolor cedeu o empate  para os visitantes. O atacante Zé Rafael abriu o placar para o Esquadrão no primeiro tempo, enquanto que o atacante Rildo igualou para o Coxa na etapa final.

Com o empate, o Bahia chegou aos 31 pontos e subiu, provisoriamente, para a 11ª colocação na tabela classificatória do Brasileirão. Enquanto que o Coritiba, continua afundado na zona de rebaixamento na 19ª posição.

O JOGO

O jogo começou com as duas equipes disputando a bola no meio de campo. A primeira oportunidade de gol foi do Coritiba, aos 16 minutos, Henrique Almeida tentou de voleio, mas Jean fez uma boa defesa.

Aos 28 minutos, o Bahia teve a primeira oportunidade de abrir o placar. Juninho levantou a bola na área, após cobrança de falta e Rodrigão cabeceou no contrapé do goleiro adversário, que conseguiu desviar para escanteio evitando o gol.

Aos 44 minutos, a torcida do Esquadrão pôde comemorar. Pelo lado direito, Edson levantou a bola para Rodrigão, que estava do outro lado na grande área. O centroavante escorou e o zagueiro Werley errou, tocando fraco de peito para Wilson. Zé Rafael aproveitou o vacilo, dominou, passou pelo goleiro e fez o gol.

Segundo Tempo

Buscando o empate, o técnico Marcelo Oliveira trocou o volante Jonas pelo atacante Filigrana. Enquanto que Preto Casagrande voltou para a partida com os mesmos onze jogadores que iniciaram o jogo.

O Bahia teve oportunidade de ampliar o placar aos 10 minutos, Rodrigão tocou para Zé Rafael, que abriu na esquerda com Mendoza. O colombiano dominou, passou do marcador e bateu forte. A bola explodiu na trave de Wilson, mas saiu.

Aos 18 minutos veio o castigo, Anderson, que entrado no lugar de Tiago Real, abriu com Léo na direita, que cruzou para a grande área. Rildo, livre de marcação tocou para o gol e empatou a partida.

Passando a régua

O próximo compromisso do Bahia será no dia 12 de outubro, uma quinta-feira, para enfrentar o Palmeiras, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, às 21h. Já o Coritiba, entra em campo na véspera, também na capital paulista, para encarar o líder Corinthians, no Itaquerão, às 21h.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Coritiba

Campeonato Brasileiro – 26ª rodada

Público: 20.860 pagantes

Renda: R$411.449,50

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 30/09/2017
Horário: 16h
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Assistentes adicionais: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE) e Deborah Cecilia Correia (PE)

Cartão amarelo: Juninho, Tiago, Edson (Bahia) / Léo, Jonas, Thiago Carleto, Cléber Reis (Coritiba)

Gol: Zé Rafael (Bahia) / Rildo (Coritiba)

Bahia: Jean; Everson (Matheus Sales), Tiago, Tiago Martins e Juninho Capixaba; Edson, Juninho e Vinícius (Régis); Zé Rafael, Mendoza (Edigar Junio) e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.

 

Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cléber Reis e Thiago Carleto; Alan Santos, Jonas (Filigrana), Matheus Galdezani e Tiago Real (Anderson); Rildo e Henrique Almeida (Keirrison). Técnico: Marcelo Oliveira.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 1319 Artigos
Editor, colunista e repórter. Produtor do programa Os Donos da Bola (TV Band). Advogado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*